Nova rede social brasileira quer ajudar pacientes na luta contra o câncer

Por Agênica Estadão / Portal do Holanda

21/11/2016 9h49 — em Tecnologia

Não é só de medicamentos que se constitui um tratamento de câncer. Muitos pacientes buscam na internet e em conversas com outras pessoas com câncer uma forma de deixar o período menos difícil. É este hábito que inspirou os empreendedores brasileiros Gustavo Silva e George Nastas a criarem o Kimeo, uma rede social para pacientes e familiares na luta contra o câncer. 

“Criamos a rede para proporcionar uma forma de lidar com o diagnóstico por meio da identificação com outros casos”, conta Gustavo Silva, que ainda não tem planos de monetizar a plataforma. 

Lançada em setembro e atualmente com 500 usuários, a plataforma deixa que o usuário registre como está se sentindo, siga outros pacientes, curtam e comentem postagens. 

Além disso, é possível controlar horários e obter informações sobre doenças – sugeridas por médicos da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia e do Instituto Vencer o Câncer. 

Em breve, a rede permitirá que usuários participem de grupos e tenham acesso a informações específicas sobre seu tipo de câncer. O aplicativo é gratuito e pode ser encontrado para download nas lojas de aplicativos dos sistemas Android e iOS. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Tecnologia