Compartilhe este texto

Acusado de abusos sexuais, Gabriel Monteiro tem pedido de anulação de processo negado

Por Portal do Holanda

17/05/2022 20h47 — em
Brasil


Foto: Renan Olaz/CMRJ

O vereador Gabriel Monteiro, acusado de abusos sexuais, assédio e quebra de decoro parlamentar, teve o pedido de anulação do processo disciplinar negado pelo Conselho de Ética da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. 
 
De acordo com a denúncia apresentada pela Promotoria de Justiça, o vereador "de forma livre e consciente, filmou através de telefone celular cena de sexo explícito", com uma adolescente de 15 anos. 
 
Segundo o MP, a menor conheceu o vereador na academia do condomínio em que ele mora e ambos começaram a trocar mensagens. Ainda conforme a denúncia, Gabriel teria convidado a adolescente para ir até a mansão dele, que fica na Barra da Tijuca, na zona Oeste do Rio. 
 
Dois ex-assessores do vereador, Vinícius Hayden e Heitor Monteiro de Nazaré, serão ouvidos como testemunhas no próximo dia 25, em sessão fechada a partir das 10h. Já no dia 1 de junho outras duas testemunhas serão ouvidas. 
 
O conselho estabeleceu um prazo até a próxima sexta-feira (20) para que Gabriel indique até 5 testemunhas de defesa.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil