PM suspeito de matar menina Ágatha com tiro de fuzil virá réu no caso

Por Portal do Holanda

09/12/2019 7h05 — em Policial

Foto: Reprodução Redes sociais

O policial suspeito de disparar o tiro que matou menina Ágatha Vitória Félix, 8, no Rio de Janeiro, virou réu no processo que apura o caso. A denúncia contra ele foi aceita pela Justiça do estado.

A decisão foi tomada após a perícia concluir que não havia tiroteio na região, como apontou o PM e o colega dele e que o tiro de fuzil que atingiu Ágatha, partiu da arma dele.

A bala teria primeiramente atingido um poste e então ricocheteou contra o carro onde a menina estava com a mãe. O policial já está afastado das ruas e agora deve ser retirado também das funções administrativas. Se for condenado, pode pegar entre 12 e 30 anos de prisão.


+ Policial