Siga o Portal do Holanda

Chutou o balde e contou tudo

Luana Piovani expõe briga com Pedro Scooby em vídeo de 21 minutos; veja

Publicado

em

Foto: Reprodução

Luana Piovani resolveu abrir o jogo sobre os desentendimentos com Pedro Scooby, seu ex-marido e pai de seus filhos, em um vídeo de um desabafo de 21 minutos publicado em seu canal no YouTube.

Leia na íntegra o desabafo de Luana, transcrito do vídeo:

"Vocês sabem que estou passando um perrengue. Aliás, quero aproveitar e dizer o seguinte: se você é uma daquelas pessoas que diz 'por quê você está falando isso? Expondo', acha que eu estou errada, acha que eu devia ficar quieta, ser discreta, por favor vai embora. Não assiste esse vídeo, me esquece, pode 'desseguir', 'desinscrever' porque não tem nada a ver.

O que eu quero dizer é o seguinte: com as redes sociais e a informação, a gente entende cada vez mais que é preciso falar sobre as coisas que estão erradas porque é só quando a gente fala que as pessoas que estão ao nosso redor e não tiveram a coragem de dizer pela primeira vez vão se encorajar de dizer que estão passando por isso também. Eu falo porque eu sempre falei. Desde os 16 eu tenho um microfone ligado na minha mão, foi quando eu fiquei famosa e eu sempre falei de tudo. Eu nunca me neguei a dividir as minhas experiências, primeiro por ser minha escolha e segundo porque acredito que dividindo a gente multiplica e isso não é apenas uma frase piegas de almanaque, eu penso mesmo nisso nos meus ricos e intensos 43 anos de vida.

Então eu estou dividindo com vocês o que estou passando e que não é fácil. Primeiro porque só hoje 5 amigas pessoais minhas vieram me dizer que já passaram pelo o que estou passando, que é o pai não cumprir o combinado pela comunicação. Fora - se tiver curiosidade, dá uma entradinha no meu feed o instagram que vocês vão ver a quantidade de mulheres que passaram por muito pior. Enfim, eu diria que é quase 70%, é muita coisa. E tá errado.

A gente está falando de direito e dever, não é um favor o que as pessoas estão fazendo, agora o que me entristece é que quem perde com isso são as crianças por que uma vez que eu perco a confiança no pai delas, como é que eu vou ficar tranquila para eles viajarem com eles de novo?

Porque dessa vez a Angelina estava de braço quebrado e não pode viajar. Não foi, tudo bem. Ainda vi o pai com ótimos olhos. Isso porque eu que briguei que nem uma louca pra ele levar os três porque óbvio que ele só queria levar o Dom, mas isso é um outro vídeo, sobre a relação do pai com filhos diferentes.

E aí fiquei ‘nossa que bom que vai ficar com os três sozinhos’, dei um voto de confiança. Porque se a Angelina estivesse com as crianças, o que normalmente aconteceria, nada disso estaria acontecendo. Eu estaria me comunicando com as crianças através dela, ela estaria falando comigo no horário e dia combinado, mas enfim.

O que quero contar para vocês é que ele foi viajar com as crianças, fez o favor de perder o voo. Isso porque eu sou tão boa que em momento nenhum achei que a história preconceituosa e ignorante que ele tava falando da macumba estava relacionada a mim, ou a Angelina ou minha mãe. Porque ficamos aqui as três desesperadas tentando resolver o problema dele, porque era ele que ia viajar com as crianças pros EUA e não tinha se organizado, tinha perdido dois documentos e não tinha comunicado a ninguém que precisava do passaporte com visto do Dom.

Bom, isso passado, ele combina comigo - isso que eu tenho tudo printado, tá? eu sou virginiana. Antes de as crianças irem eu coloquei tudo escrito, as condições: cadeirinha, sem palavrões, sem músicas com expressões chulas ou palavrões, não teclar enquanto dirige e falar com meus filhos dia sim, dia não, às 20h, que lá é 12h, que achei que era um horário bom, porque as crianças nas férias acordam mais tarde mesmo, sei que estão fazendo uma bagunça deliciosa, ninguém tá indo dormir cedo, sei que Letícia e o Pedro dormem tarde, falei ‘pô, 12h um horário bom’ e também se não fosse, era só combinar.

Eles viajaram na quinta, falei com eles na sexta e nunca mais me respondeu nenhum WhatsApp, não atendeu nenhuma ligação. Liguei para a Leticia e ela também não atendeu. E por que ela não me atendeu? Porque ele me deu o número errado. Também tenho tudo printado, anotado, marcado. Não sei por que ele faz essas coisas, ele quase parece ingênuo de achar que a gente não organiza, que as pessoas não falam, que as pessoas não veem, não gravam, enfim.

Agora tirou o vídeo das crianças fazendo wakeboard. As pessoas devem ter enchido tanto o saco dele falando de segurança que ele apagou o vídeo, que nem ele apagou o vídeo de quando ele fala mal de uma religião importantíssima para a cultura brasileira porque simplesmente o Brasil, acho que fora os da África, é o país com maior influência africana, enfim.E aí agora ele aparece me chamando de louca, claro, me dizendo absurdos e, pra melhorar, e vou contar isso mesmo porque todo mundo aí passa por isso também...

Sabe o que acontece... Por isso o nome do vídeo - desculpa estar me interrompendo - é ‘quem não sabe se sacrificar’.

Eu corto na minha carne pelos meus filhos. Eu terminei meu casamento cortando na carne porque eu sabia que ia ter um pai melhor se eu me separasse porque não tava bom do jeito que tava, uma pessoa para dividir a função de ter 3 filhos.

E eu recebo o Pedro aqui, ele fica aqui em casa, não que ele durma aqui, mas ele passa o dia com as crianças, fica na piscina, entra, fala, liga, deixo ele falar a hora que ele quiser no telefone da Angelina, no facetime e tal, mas isso me é custoso, não é prazeroso pra mim estar perto dele, ouvir a voz dele dentro da casa, acabo ficando no meu quarto enquanto ele está aqui. Mas eu sei me sacrificar e é isso que é muito louco, homem não sabe. É uma pena que esteja generalizando, mas é porque se a gente for olhar para as estatísticas, a gente tem quantos por cento de pais que viram mães como mães que viram pais?Pouquíssimos. Porque é muito comum essa história que a gente se separa do marido e o marido se separa dos filhos."

Os ‘filhos bastardos’ do médico Mouhamad Mustafa

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.