Prefeito garante transporte coletivo gratuito para as Eleições 2014

Por

25/06/2014 9h46 — em Amazonas

O prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, garantiu que manterá o transporte coletivo gratuito para as Eleições deste ano. O serviço ficará disponível duas horas antes da votação começar e prosseguirá por mais duas horas após o encerramento do pleito.

A informação foi confirmada pelo prefeito durante a primeira visita oficial à nova presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, desembargadora Socorro Guedes.

“Temos o dever de contribuir para que se faça valer a democracia e queremos que isso ocorra com normalidade. Desejamos que Manaus e o Amazonas progridam e que a democracia brasileira se consolide cada vez mais. Para isso, é preciso garantir a verdade absoluta das urnas, com senso de justiça e equilíbrio”, afirmou o prefeito.

O encontro com a desembargadora aconteceu na nova sede do órgão, no prédio da Universidade Nilton Lins, no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul. Na ocasião, o prefeito disse ainda que outras parcerias serão mantidas para garantir a ordem durante o processo eleitoral.
“Nós decidimos algumas coisas. Primeiro, emprestar todo o apoio da Guarda Municipal às ordens da desembargadora Socorro e, segundo, também vim dizer do meu apreço pela figura da presidente do TRE, a quem tenho irrestrita confiança na sua compostura de mulher descente e juíza isenta”, destacou Artur Neto.

Para a presidente do TRE, a parceria com a prefeitura também é muito importante para que a cidade fique limpa após as votações, a exemplo do que foi feito em 2012. “A conscientização será feita por meio da Justiça Eleitoral, mas o poder público fez um trabalho muito positivo e tenho a certeza que vamos repetir o sucesso no dia 5 de outubro. Que o eleitor possa caminhar pela cidade e sem encontrar nenhum santinho espalhado, lembrando aos candidatos que isso também significa respeito aos eleitores”, avaliou Socorro Guedes.

Todas as demandas referentes ao pleno da Justiça Eleitoral serão despachadas da nova sede, além da própria transmissão da apuração do pleito deste ano.