Siga o Portal do Holanda

Ciclistas

Manaus ganha velódromo no mês de setembro

Publicado

em

Arthur Neto diz que velódromo coroa sua obra de incentivo ao esporte - Foto: Alex Pazuello/Semcom Arthur Neto diz que velódromo coroa sua obra de incentivo ao esporte - Foto: Alex Pazuello/Semcom
Arthur Neto diz que velódromo coroa sua obra de incentivo ao esporte - Foto: Alex Pazuello/Semcom

Manaus/AM - A prática do ciclismo na capital amazonense voltará aos tempos áureos com a inauguração do Velódromo de Manaus, previsto para ser entregue pelo prefeito Arthur Virgílio Neto no próximo mês de setembro. As obras já alcançam 70% de execução e, além da pista de ciclismo, contemplam também a criação de uma quadra de tênis, bicicletário e prédios administrativos, onde devem funcionar as sedes das federações estaduais de ciclismo e tênis.

“Literalmente, mas também com tom metafórico, sempre lutei pelo esporte. Além do jiu-jitsu, sempre tive o costume rotineiro de usar a bicicleta. E, ao longo dos últimos sete anos, junto com minha equipe, sempre busquei formas de incentivar o esporte, seja no seu alto nível, com atletas profissionais, ou na base, proporcionando aos bairros periféricos da capital espaços para a prática esportiva. O velódromo vem para coroar todo esse trabalho”, destacou o prefeito Arthur Neto.

O novo espaço dedicado aos ciclistas está localizado no conjunto Aruanã, bairro Compensa, zona Oeste, e coloca Manaus no rol das poucas cidades brasileiras aptas a receber competições na modalidade. A pista, com 1.859 metros, tem inclinação de 1% na pista de aceleração e de 18% a 36% na de corrida, sendo 18% nas retas e 36% nas curvas.

Segundo o diretor técnico da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), Marcos Barbosa, essas medidas tornam o velódromo apto a receber competições de alto nível, locais, regionais, nacionais, e até internacionais, em caso de amistosos. “Optou-se pela construção de uma pista de ciclismo voltada para atividades municipais, que podem abranger campeonatos regionais e nacionais, além de ações educativas e recreativas, priorizando o desenvolvimento da base, que será o futuro do ciclismo, com jovens de 12 a 18 anos, como uma eventual copa de bairros de ciclismo de pista”, explicou Marcos.

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.