Siga o Portal do Holanda

Atividades virtuais

Estudantes da rede municipal e familiares ganham atividades virtuais via Semed

Publicado

em

Oficinas e outras atividades são implementados por meios virtuais - Foto: Divulgação/Semcom Oficinas e outras atividades são implementados por meios virtuais - Foto: Divulgação/Semcom
Oficinas e outras atividades são implementados por meios virtuais - Foto: Divulgação/Semcom

O que muda é a patente, não a patética situação na qual Bolsonaro colocou a Suframa


Manaus/AM - Desenvolver estratégias voltadas para ampliar atividades e auxiliar alunos, educadores e familiares de estudantes, atendidos pela rede municipal, nesse período de isolamento social em virtude da pandemia de coronavírus está mobilizando setores da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Entre os setores que também têm buscado dar continuidade ao atendimento, mesmo que a distância, estão as Ocas do Conhecimento Ambiental e os Centros Municipais de Atendimento Sociopsicopedagógico (Cemasps). 

As Ocas estão promovendo uma oficina sustentável virtual de confecção de máscaras caseiras. A aula ensina a fazer o item de segurança tão necessário atualmente, sem a necessidade de usar máquinas de costura e com material que tem uso autorizado pelo Ministério da Saúde. 

A oficina é ministrada pela instrutora Sully Maia, por meio de um vídeo curto, de pouco mais de 4 minutos. A oficina foi lançada nesta terça-feira, 7/4, pelas redes sociais e grupos de whatsapp de mães, que participam de oficinas das Ocas, na forma presencial.

Segundo a coordenadora geral das Ocas do Conhecimento, Gina Gama, a ação visa preservar a vida das mães e alunos atendidos pelas Ocas do Conhecimento, com um curso a distância, na segurança de seus lares e fora do risco de contrair a Covid-19. 

As outras ações das Ocas do Conhecimento estão sendo estruturadas e serão lançadas ao longo dos próximos dias. 

Já o Cemasp, que tem como objetivo geral reduzir os índices de abandono e evasão escolar, tem realizado ações pedagógicas por meio de videochamadas e postagens de vídeos educativos curtos. A ideia é dar continuidade ao fazer diário do Centros, mas de uma forma segura tanto para os profissionais que atuam nos sete Cemasp da Semed, quanto para os alunos e familiares. O trabalho é realizado por uma equipe de multiprofissionais, que envolve 103 pessoas, entre pedagogos, psicopedagogos, psicólogos, fonoaudiólogos e assistentes sociais. 




Videoconferências

Nas videochamadas e nos demais vídeos elaborados, são trabalhadas, por exemplo, ações educativas com alunos do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA); rodas de bate-papo com pais das crianças da educação infantil e ações de sensibilização voltadas aos familiares dos estudantes quanto à rotina escolar no ambiente familiar e ao acompanhamento dos filhos nas videoaulas do projeto “Aula em Casa”.  As postagens estão sendo feitas também pelo instagram e facebook do Cemasp.

Segundo a coordenadora dos Cemasp, Juciana da Cruz, a ideia desse trabalho é fortalecer as ações do projeto “Aula em Casa” e, com isso, incentivar os alunos do município a terem mais foco em seus estudos, durante o período de aulas não presenciais. “A intenção desse trabalho é direcionar o aluno da rede municipal de ensino por meio de videochamadas e vídeos curtos sobre a importância deles criarem uma rotina escolar durante as aulas televisionadas, ou seja, ajudá-los a organizarem uma agenda, um horário e momento para estudar”, salientou. 

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.