Siga o Portal do Holanda

Caso Amália

Após ter corpo trocado, mulher que morreu na porta de hospital é sepultada em Manaus

Publicado

em

Wilson Lima e a solidão do Poder


Manaus/AM - Após quase um dia e meio de espera, foi sepultada na tarde desta sexta-feira (24) Amália Brandão Ribeiro, 53, que morreu na quarta-feira (22), após familiares implorarem por socorro no Hospital de Retaguarda Nilton Lins e funcionários demorarem a atender.

De acordo com a filha dela, identificada por Paula, deste a quinta-feira (23) eles lutam para enterrar o corpo, mas no hospital os funcionários teriam dito que nenhuma Amália tinha falecido no local.

"Procurei várias pessoas para conseguir liberar o corpo da minha mãe. Eles ainda chegaram a liberar o corpo errado, o de um homem desconhecido, depois da confusão conseguimos o corpo certo. Eu quero justiça pelo descaso que eles tiveram com a minha mãe em todos os sentidos", disse.

Paula disse ainda, que o outro filho de Amália, um adolescente de 14 anos está inconsolado. "Ele era muito apegado com a minha mãe. Não sabemos como vai ficar agora, só queremos justiça", finalizou.

Foto: Arquivo Pessoal de Família




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.