Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Santander não respeita a lei da filas em Manaus

Publicado

em

Por

Comprovante de pagamento mostra que entre a entrada no banco e o atendimento leva 1 hora

Correntistas e usuários da agência do Banco Santander da aveninda Costa e Silva, bairro Crespo, Zona Sul de Manaus, reclamam dos caixas e da longa demora no atendimento. Usuário diz que esperou uma hora para ser atendido (VER FOTOS). Revelou ainda que pretende entrar com uma ação contra o banco e fazer valer seus direitos. A  lei  das filas  estipula 15 minutos para os dias normais e 25 para dias de pagamentos como prazo para atendimento ao cliente.

Anderson Maranhão de Freitas, 24, estudante, foi pagar uma prestação do carro que deixou atrasar e só pagava naquela agência, chegou  às 14h09 e saiu 15h30.
Daniel de Lima Souza

Outra vítima do descaso do Santander foi o empresário Akel Freitas, 35. Ele reclamou que só teriam 2 caixas disponíveis para atender a grande número de clientes   e que teria esperado atendimento por uma hora e vinte minutos.

Um correntista disse que houve uma confusão generalizada na véspera do último feriado do dia 04/07, e que foi preciso chamar a polícia para conter os clientes revoltados com a longa espera nas filas.

Um outro usuário do banco, Daniel de Lima Souza esperou uma hora para ser atendido e não teve suas contas pagas por problema no cartão e diz estar muito decepcionado com o banco. 


LEI


De acordo com a Lei Municipal 167, de 13 de setembro de 2005, todos os prestadores de serviços públicos e privados devem respeitar o tempo de atendimento de 15 minutos em dias normais, 20 minutos às vésperas e após os feriados prolongados, e 25 minutos nos dias de pagamento de funcionários públicos municipais, estaduais e federais. A primeira
infração acarreta em uma multa de 50 UFMs. Se descumprida a lei novamente, o infrator deve pagar um valor de 80 UFMs. A segunda reincidência acarreta numa punição de 100 UFMs.

A gerente da agência identificada pelo segurança do local como sendo Maria José, foi procurada pela reportagem para dar explicações, mas  alegou estar ocupada

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.