Artur entra no programa de Vanessa e morde seis minutos

Por

22/09/2012 7h42 — em Amazonas

No episódio do “ovo”  ou "cuspe"a candidata do PC do B, Vanessa Grazziotin, não foi a única a ganhar, depois da busca e apreensão de um folheto distribuído por cabos eleitorais de Artur Neto (PSDB), candidato a prefeitura de Manaus pela coligação “O futuro é agora”. O ex-senador ganhou o direito de resposta de aproximadamente  6 minutos nas inserções do programa da coligação “Melhor para Manaus”, da comunista.


A decisão foi tomada ontem pelo juiz Rogério José da Costa Vieira, coordenador da propaganda eleitoral, que julgou procedente o pedido de Artur a respeito da declaração de Vanessa, no dia 14, de atribuir ao candidato a responsabilidade do episódio ocorrido minutos antes do início do debate na TV Em Tempo, dia 11.

Em sua decisão o magistrado diz que até a presente data desconhece a existência de qualquer prova “segura, confiável e robusta que venha a responsabilizar o representante de tal fato”.

O coordenador da propaganda vai mais além:diz “não ter conhecimento de que o candidato representante (Artur) tenha praticado violência contra mulheres e crianças, pais e mães de família, como ventilado na mensagem levado ao ar pelas representadas (Vanessa)”.

Rogério José  termina falando na intenção da propaganda  de ofender Artur Neto, de denegrir a sua imagem e promover seu descredenciamento perante o eleitor.

NULL