Siga o Portal do Holanda

Apagão no Iranduba

Indústria oleira do Amazonas vai cobrar ressarcimento por falta de energia

Publicado

em

Os prejuízos causados pela interrupção do serviço de energia elétrica nos municípios de Iranduba e Manacapuru é objeto de nota de esclarecimento distribuída pelo Sindicato da Indústria Cerâmica e Olarias do Estado do Amazonas (Sindicer-AM) nesta quarta-feira, dia 24, onde a entidade assegura que vai tomar medidas cabíveis.

O presidente do Sindicer-AM, Frank Lopes, diz que as indústrias de cerâmica instaladas em Iranduba estão com suas atividades produtivas paralisadas em decorrência da falta de energia, o que causa prejuízo ainda não calculado aos empresários.

A previsão da Amazonas Energia é de que o serviço seja regularizado no próximo sábado, dia 27.

Repúdio e cobrança às autoridades

Ao mesmo tempo em que se solidariza com as populações dos dois municípios que vêm sofrendo com a falta de energia elétrica, as empresas filiadas ao Sindicer-AM diz que “repudia o descaso das autoridades em relação ao precário fornecimento de energia no interior do Amazonas.” Iranduba e Manacapuru estão no escuro, fornecida pela Amazonas Energia, desde sexta-feira, dia 19 de julho.

Conforme a nota, o Sindicer-AM se colocou à disposição da sociedade civil organizada para implementar medidas como a cobrança e ressarcimento dos prejuízos causados à atividade do setor cerâmico e oleiro naqueles municípios do Amazonas.

Deputados suspeitam de espionagem e pedem ajuda do MP

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.