Brasileiro é espancado até a morte na Espanha e crime gera onda contra homofobia

Por Portal do Holanda

06/07/2021 10h32 — em Mundo

Jovem foi espancado por 10 homens. Foto: Reprodução

O jovem brasileiro e assumidamente homossexual Samuel Luiz Muñiz, de 24 anos, foi espancado até a morte por 10 homens quando saiu de uma boate para fumar na Espanha. O crime ocorreu no último sábado (3) e gerou uma onda de protestos contra homofobia no país europeu.

De acordo com Uol, após o crime, o jovem ficou inconsciente e os criminosos fugiram antes do serviço médico chegar ao local.

O jornal El País reportou diversos protestos nos grandes centros da Espanha, que buscam justiça pelo crime, já que, até o momento, ninguém foi preso. As centenas de participantes denunciam que se trata de um ataque contra a comunidade LGTBQIA+.

Nessa segunda, cerca de três mil pessoas se reuniram em Madri e houve confronto com a força policial, que argumentou que alguns manifestantes estavam lançando objetos na direção dos agentes.

Samuel nasceu no Brasil e foi à Espanha quando era um bebê de um ano, de acordo com a imprensa espanhola. Ele trabalhava como auxiliar de enfermagem.

O ministro do Interior espanhol, Fernando Grande-Marlaska, indicou que até o momento ninguém havia sido preso e que "nenhuma hipótese está excluída, nem o crime de ódio, nem qualquer outro", segundo publicou o G1.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo


26/01/2022

Correção