Mc que acusa vocalista do Molejo de estupro explica tatuagem: ‘pacto’

Por Portal do Holanda

10/02/2021 21h03 — em Famosos & TV

Foto: Reprodução/Instagram

MC Maylon, que acusa de estupro o vocalista do Molejo, Anderson Leonardo, falou mais sobre a relação que tinha com o artista, e explicou a tatuagem que tem do rosto de Anderson no braço. 

"Fiz essa homenagem, porque ninguém nunca tinha feito uma tatuagem para ele. O cara era um ídolo, um pai pra mim. Eu sempre levantava muito a autoestima do Anderson, pois ele, às vezes, se coloca muito para baixo. Tive a ideia dessa tatuagem após um show em Bangu, onde haviam várias garrafas quebradas no camarim e ele falou que era para gente fazer um pacto e nunca mais se separar. Pai e filho juntos para sempre. Daí fiz a tatuagem. Ele ficou surpreso e beijou a própria testa na tattoo", disse ele em entrevista ao site "Observatório dos Famosos".

Ele também respondeu sobre o motivo de não ter saído do carro quando o cantor o levou ao motel onde ele afirma que foi estuprado. Segundo Maylon, os dois tinham marcado uma reunião para falar sobre a carreira do rapaz, mas Anderson acabou o levando ao motel:  "Não saí do carro, pois eu confiava nele. Era tudo pra mim, meu pai, meu ídolo. Então nunca pensei que iria me estuprar dentro do hotel. Ele entrou para dentro do hotel para as pessoas não verem ele com um gay na rua fazendo reunião, foi isso que ele alegou pra mim. E me convenceu a entrar".

 "Ele me chamou para dentro do quarto, fechou a porta, tirou meu telefone e tirou a blusa dele. Mandou eu sentar, que iríamos conversar, foi onde ele começou a me agredir. Começamos a medir forças, me deu pânico (...) daí ele conseguiu penetrar, eu desmaiei de dor", disse ele, que relata ter sido agredido.  "Ficou batendo nas minhas costas, chamando pelo meu nome para eu acordar, ao final falou: 'que merda que eu fiz'.

Segundo Maylon, os dois se conheceram em uma partida de futebol que Anderson costumava frequentar. Na ocasião, a mãe e o amigo de Anderson falaram sobre o talento de Maylon  e questionaram se Anderson poderia ajuadr. O rapaz diz que nos oito meses de amizade, ele não soube da bissexualidade de Anderson e nem sentiu atração física por ele.

O rapaz também classificou como “ridícula” a postura de Anderson em uma live na internet, onde falou que “comeu” o rapaz com consentimento, além de soltar outras frases de baixo calão e chamá-lo pejorativamente de “viado”.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV