Império: Homofóbico, Enrico pode se revelar gay ao final da novela

Por Portal do Holanda

20/09/2014 14h40 — em Famosos & TV


Foto: Reprodução/TV Globo

Em "Império", Enrico (Joaquim Lopes) já deixou bem claro que é homofóbico e quer distância de qualquer homossexual. Mas pode ser que todo esse ódio gratuito seja fruto na verdade, de uma identificação com a situação que o dono de restaurante não quer reconhecer.

 Ainda não se sabe ao certo o destino do personagem na trama de Aguinaldo Silva, porém os rumos podem mudar depois do seu pai, Claudio (José Mayer) ter sua foto aos beijos com Leonardo (Klebber Toledo) divulgada no blog de Téo Pereira (Paulo Betti). 

Enrico irá explodir de raiva e irá humilhar o seu pai durante diversas vezes, incluindo em uma discussão com a mãe, na qual levará um tapa, e em uma conversa com a noiva,  Maria Clara (Andrea Horta), colocando em risco o futuro casamento com a designer de jóias filha do Comendador, que é contra o tipo de atitude homofóbica e fica chocada com a atitude do rapaz. 


Porém, segundo o jornal 'Extra', a raiz da raiva de Enrico é mais profunda. Nos próximos capítulos, Leonardo irá insinuar que ele pode ser gay. 

"Existem coisas interessantes por todos os lados: a redenção, ele se manter assim, se revelar homossexual. Mas acho que Enrico precisará levar umas pedradas para deixar de ser assim. Quando somos preconceituosos é porque nos reconhecemos naquilo", diz Joaquim Lopes, responsável por interpretar o chef.

A trama pretende explorar e conscientizar sobre o campo da intolerância. "Espero que ajude. A gente já viu tantos absurdos acontecerem. Isso é um retrocesso mental, sem propósito. Li que no Brasil uma pessoa é morta a cada 26 horas motivada por homofobia. Todo preconceito é burro. Quando ele se torna um risco de vida, precisa ser mais combatido", completa o ator.


+ Famosos & TV