Siga o Portal do Holanda

Política

Eu não queria ser ministro, mas a Dilma precisava de mim, diz Lula

Publicado

em

Governo do Amazonas erra e pânico cresce com avanço da Covid-19


No sétimo e último vídeo da entrevista do ex-presidente Lula à TV ConJur, o petista fala do momento em que Dilma Rousseff o convidou para assumir a Casa Civil do governo dela, em março de 2016.

"A coisa que eu menos queria era ser ministro. O meu discurso para Dilma era que no Palácio não cabem dois presidentes, mas ela disse "eu preciso, eu preciso, eu preciso", e eu aceitei. E aí vem dizer que eu queria pra me proteger? Sinceramente, meu caro, a única proteção que eu quero é a da minha consciência."

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, porém, liminarmente, impediu que Lula assumisse a Casa Civil. Mas, numa entrevista ao "Roda Viva", da TV Cultura, disse que, com as informações que tem hoje, não tomaria a mesma decisão.

Para o ex-presidente, o país vivia um momento de muita tensão. "Num momento de tensão política, as pessoas agem de acordo com as informações que recebem. Isso vale para todo mundo e para o Gilmar Mendes."

Lula, porém, criticou o fato de juízes e ministros se manifestarem fora dos autos. "O correto no Judiciário é que um ministro só se manifeste nos autos. Ninguém tem que declarar voto um mês antes, não é esse o papel. Não pode ficar a Globo cobrando do ministro, denunciando todo dia, incentivando as pessoas a ir atrás do ministro. Não pode! Qual é o ministro que tem força de enfrentar isso?"




Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.