Romero, o candidato rico que não decola

Por Portal do Holanda

25/10/2020 19h57 — em De olho na Política

O site Intercept Brasil aponta que Romero Reis, candidato do Novo a prefeito de Manaus, é um dos mais ricos na disputa nas 10 maiores capitais. Com R$ 25,5 milhões de patrimônio, possui 10 mi a mais que os R$ 15,1 mi dos bens declarados dos outros 10 concorrentes. 
Romero é um exemplo de que o peso do dinheiro pode prejudicar a ‘decolagem’ de uma candidatura. Ele não consegue ultrapassar 1 dígito nas intenções de voto. 

Procuradores cobram  da parte errada

Até o MPF-AM acordou para a farsa do combate às queimadas na Amazônia, pelo governo. Só que os procuradores federais estão cobrando justificativa do órgão errado, o Ibama. Quem comanda as ações de meio ambiente na Amazônia é o vice-presidente, general Mourão.  

A estrela que virou uma cruz pesada 

Para o candidato Zé Ricardo, a estrela do PT acabou se transformando em uma cruz difícil de carregar. Com uma agenda carregada de bandeiraços, minicomícios, reuniões, audiências públicas e lives, a kombi do Zé ‘patina’ num 3º lugar. Será a lama deixada pelos companheiros?  

Cheiro de povo 

O general João 
Figueiredo, presidente miliar, preferia o cheiro de cavalos ao cheiro do povo. Agora termos um capitão presidente, que coloca o povo brasileiro abaixo do seu próprio cão. O Faísca, para Bolsonaro, terá direito a vacinação obrigatória contra a Covid-19. O povo não.