‘Pesquisa qualitativa’ de compra de votos

Por Portal do Holanda

12/11/2020 21h31 — em De olho na Política

Foto: Reprodução

A nota da coligação “Pra Voltar a Acreditar”, do candidato Ricardo Nicolau, explicando a abordagem da PF numa reunião paga como de “pesquisa qualitativa”, só errou mesmo ao dizer que ele “ameaça o grupo que está há mais de três décadas no poder” no Amazonas.
Ao longo de sua vida política, desde 1996, Nicolau atua como parlamentar ligado à base de apoio da prefeitura de Manaus e do governo. Sua candidatura atual é da base do ex-poder.
Só pra lembrar. Nas eleições de 2010, a PRE/AM moveu ação penal pedindo a condenação criminal do deputado pelo crime de compra de votos.

Horário Eleitoral, último dia 

Termina nesta sexta o horário eleitoral gratuito, que afinal é pago pelo eleitor, que finalmente amanhã estará livre do oba-oba e das fake news dos candidatos. Na gíria popular começa a ‘hora do pega pra capar’. Embora todas as proibições, a caça aos votos continua ‘nas sombras’.
Ninguém duvide que os candidatos e seus cabos eleitorais colocarão em prática todas as ‘manhas’ novas e antigas para conseguir uns votinhos a mais antes do eleitor chegar à urna.

Pauta para o Amazonas

Em reunião com os superintendentes da Suframa, general Algacir Posin e da Sudam, Louise Campos e presidente do Basa, Valdecir Tose, o presidente da Aleam, Josué Neto, debateu a proposta de Posin para “uma união de esforços em benefício e desenvolvimento da região”.
Josué destacou as pautas do governo Bolsonaro para a economia do Amazonas, dentre elas gás e energia, biotecnologia, mineração e novas rotas de escoamento. Coisas esquecidas por candidatos.