Mentiras, difícil aceitá-las como ‘o novo normal’

Por Portal do Holanda

17/11/2020 21h56 — em De olho na Política

Os homens e suas mentiras tomaram conta da campanha eleitoral. “Todo dia é necessário desfazer as mentiras criadas pelos adversário”, diz Amazonino no Facebook. Com 37 anos de vida pública e chegando à 14ª campanha majoritária, ele acha “uma covardia” as fake news.

Para quem governou o Estado por 4 vezes, Manaus 3 vezes e 1 mandato de senador, e já sofreu todo tipo de denúncias falsas em campanha, ainda é difícil aceitar mentiras como o ‘novo normal’.

 Eduardo X Wilson

Dois prováveis adversários em 2022, Wilson Lima e Eduardo Braga travaram uma disputa ferrenha, que terminou em um empate de 13 X 13, na eleição de prefeitos do interior. Com 2 dos 6 ‘grandes’, Itacoatiara e Maués, o PSC levou vantagem sobre o MDB.
Outros 2 que pesarão na disputa, o PP de Átila Lins e o Republicanos de Silas Câmara também empataram, em 8 X 8, cada um conquistando um dos grandes, Coari e Manacapuru, respectivamente.

Cantando de galo

Almeida começa o 2º turno eleitoral cantando de ‘galinho garnizé’, dono de um terreiro imaginário. Em carta aberta ao povo de Manaus, sai na frente tentando ‘plantar’ uma fake news. Chama de mentirosos todos os candidatos do 1º turno e nega que é laranja .
 
Voto Impresso 

Diante do alarido das milícias do ódio que sustentam o mundo virtual, devido ao atraso de 3h na totalização dos votos, o senador Plínio Valério ameaçou o TSE e o STF com uma PEC, caso não resolvam a legalização do voto impresso, aprovado na minirreforma eleitoral de 2015.