PF faz operação em Secretaria de Saúde contra corrupção na compra de leitos

Por Portal do Holanda

18/09/2020 7h51 — em Brasil

Camas automatizadas - Foto: Nilcem Fernandes/Governo do Tocantins

A Secretaria de Saúde de Tocantins (SES), é alvo de mandados de busca e apreensão na manhã dessa sexta-feira (18), na Operação “Cama de Tut” da Polícia Federal que apura indícios de superfaturamento na compra de camas hospitalares usadas em leitos do Hospital Geral de Palmas.

De acordo com as investigações, durante a pandemia a SES teria adquirido cerca de 590 camas automatizadas de um dos modelos mais caros do mercado e pago por elas R$ 13, 3 milhões. Daí o nome da operação que faz alusão a cama luxuosa do faraó Tutancâmon.

Fazendo as contas, cada leito teria custado ao estado cerca de R$ 22 mil. O contrato teria sido superfaturado em cerca de R$ 7 milhões pagos à uma empresa que possivelmente teve a processo de licitação facilitada por meio do pagamento de propina.

Agentes da PF estão no prédio da secretaria neste momento e apreendem documentos e equipamentos eletrônicos.