Governador de Beirute chora e compara explosão a Hiroshima e Nagasaki

Por Portal do Holanda

04/08/2020 16h50 — em Mundo

Foto: Reprodução

O governado de Beirute, Marwan Abboud, falou nesta tarde sobre a explosão ocorrida na manhã desta terça-feira (4).

Ao classificar como uma “catástrofe nacional”, Abboud disse que a situação o lembra de Hiroshima e Nagasaki, cidades japonesas atacadas por bombas atômicas.

As causas das explosões ainda são incertas, segundo a CNN, informações preliminares são de que a explosão ocorreu após um grande incêndio em um armazém de fogos de artifício perto do porto de Beirute. O que teria levado a uma reação em cadeia.

O primeiro-ministro libanês, Hassan Diab, disse em pronunciamento que o incidente não ficará sem solução. "Os responsáveis pagarão o preço", disse. "Fatos sobre esse armazém perigoso, que está lá desde 2014, serão anunciados, mas não vou me adiantar em relação às investigações”, completou.

+ Mundo