Bastidores da Política - O mais afetuoso abraço na eterna namorada


O mais afetuoso abraço na eterna namorada

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

11/06/2021 17h23 — em Bastidores da Política

Hoje não vou escrever sobre violência, corrupção e medo. Mas de paixão pela vida e pela companheira que me blinda contra a solidão.

Eu nunca  disse  para ela "eu te amo”, porque o amor é o todo, não um detalhe: é, principalmente, saber cuidar do outro. É consequência de tudo o que sentimos e construimos. Nossos filhos, nossa casa, os poucos amigos, os sonhos que não morrem.

Mas nem tudo é perfeito entre nós: ela briga, eu recuo; ela fala, eu ouço. Ela está pronta para a guerra, eu estendo  a mão para a paz.

É uma mulher inteligentíssima, que não abre mão de seus princípios. Que sabe conviver com suas dores, que são muitas  e que não  cabe revelar aqui. Mas  por essa razão - e outras - é minha heroína.

Eu não seria capaz de suportar as dores que ela suporta… Se um dia esse cristal trincar eu vou lembrar com saudade do tempo de ontem e de agora.

E vou dizer para o mundo que estes foram os melhores dias de  minha vida.

Para você Graciela, mãe de meus filhos, o mais afetuoso abraço neste dia dos namorados

Raimundo de Holanda é jornalista de Manaus. Passou pelo "O Jornal", "Jornal do Commercio", "A Notícia", "O Estado do Amazonas" e outros veículos de comunicação do Amazonas. Foi correspondente substituto do "Jornal do Brasil" em meados dos anos 80. Atualmente escreve a coluna Bastidores no Portal que leva seu nome.