Siga o Portal do Holanda
Rua é teste perigoso

O Dia D para Bolsonaro

Publicado

em

Depois da manifestação programada para domingo ou o  governo Bolsonaro entra em colapso e acaba, ou ficam em zona de  risco as instituições  que ele diz que atrapalham o seu estilo de governar .

A manifestação programada pelos seguidores de Bolsonaro para o próximo domingo - estimulada pelo próprio presidente - servirá ao menos para revelar o grau de  satisfação com o governo. Se for um fracasso, mostrará que o desgaste politico de Bolsonaro já atinge os eleitores que apostaram nele na ultima eleição.

Caso seja um sucesso de público, permitirá que Bolsonaro abra de uma vez a caixa de pandora que  carrega as doenças que minarão a democracia.

Nas ultimas horas Bolsonaro  fez seu teste. Criticou os políticos e depois os elogiou. Esse estilo morde e assopra revela seu espirito autoritário: funciona como uma advertência. O teste das ruas será decisivo. Depois de domingo ou seu governo entra em colapso e acaba, ou ficam em zona de risco as instituições  que ele diz que atrapalham o seu estilo de governar .

CAB0 DE GUERRA COM OS PROFESSORES

O cabo de guerra entre o governo do Amazonas e os professores em greve chega ao 38º dia, sem um acordo além do que foi proposto pelo Executivo. Por enquanto há perdas de todos os lados - dos alunos, que inevitavelmente  terão o ano escolar  estendido e as férias de meio de ano comprometidas;  dos professores que sabem que a continuidade do movimento começa a refletir diretamente no contracheque; do Judiciário que interveio via medida restritiva de direito a greve, provocada pelo governo, mas ignorada pelos grevistas;  e do próprio governador, que mais uma vez revelou uma impressionante incapacidade de administrar crises.

 

PROPOSTA RECUSADA

Ontem, o vice-governador    Carlos Almeida sustentou o índice de 4,73% de reajuste e o secretário da Sefaz foi à Assembleia Legislativa negociar com os deputados.

SEM ACORDO

A sugestão do governo de votar agora o que está no projeto e continuar as negociações não agrada os grevistas. Eles têm experiência no assunto e sabem que a coisa “vai cair no esquecimento”.

TEMPO ACABANDO

Os dois lados têm ainda esta quarta-feira e amanhã durante a votação no plenário para se ajustarem. O governo não perde nada ‘endurecendo’ o jogo. Sabe que os professores é que vão pagar pela teimosia.

JOSUÉ BUSCA SAÍDA

À frente das negociações pela Assembleia Legislativa, o presidente Josué Neto tenta conseguir um acordo melhor para os professores. Mas terá de levar o projeto à votação na quinta-feira.

+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.