Zona Franca de Manaus na rota do mercado externo

Por Portal do Holanda

04/03/2016 14h39 — em Economia

A queda na produção da Zona Franca de Manaus (ZFM), de 30%, maior do que a média brasileira em 2015, que foi de 8,3%, tem concorrido para que o modelo busque saídas e se volte para o mercado externo, transformando as indústrias de Manaus em polo exportador. A informação é da revista IstoÉ.

As organizações industriais que operam na ZFM têm sofrido mais do que as similares de outras regiões do país com a desacelaração da economia brasileira, principalmente porque os segmentos de duas rodas e eletroeletrônicos, que concorrem com cerca de 40% do faturamento do Polo Industrial de Manaus (PIM), estão entre os mais afetados.




De acordo com a titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), economista Rebecca Garcia, o modelo ZFM está voltando os olhos para fora do país. Rebecca acrescenta que o mercado interno, durante muito tempo, atendeu ao escoamento da produção da indústria incentivada do polo de Manaus. Porém, a superintendente afirma que o PIM não pode mais ficar refém de um só mercado, quando há estudos da autarquia apontando que as exportações podem alavancar em 21 a produção do polo industrial. Rebecca Garcia informa, ainda, que há interesse de países como o México, além de outros da América Latina, em estreitar relações comerciais com o Brasil a partir da Zona Franca de Manaus.

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Economia