Secretário de Saúde nega irregularidades após crise do oxigênio no Amazonas

Por Portal do Holanda

15/04/2021 10h25 — em Amazonas

Secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo - Foto: Tiago Correa

Manaus/AM - O secretário de Saúde, Marcellus Campêlo, informou que prestou esclarecimentos em audiência ao Ministério Público Federal (MPF) e que continua à disposição para responder às questões sobre o enfrentamento da pandemia da covid no Amazonas. 

Em nota, o secretário reiterou que todos os seus atos foram dentro da legalidade e que a secretaria tem feito tudo o que está ao alcance para o enfrentamento de uma crise de saúde sem precedente, que não é uma particularidade do Amazonas. 

MPF move ação

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação de improbidade administrativa contra o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e o secretário estadual de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, pela omissão dos agentes públicos entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, quando se verificou, no Amazonas, a crise no fornecimento de oxigênio medicinal e o aumento no número de mortes por covid-19, durante a chamada segunda onda da pandemia. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas