Siga o Portal do Holanda

30% do pulmão comprometido

No Amazonas, médico que já tinha sido infectado volta a apresentar sintomas graves da Covid-19

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Wilson Lima vence a batalha política


Manaus/AM- O médico Daniel Tanaka, que atua na linha de frente contra a Covid-19, no município de Parintins, no Amazonas teve o vírus “reativado” no organismo após retornar ao trabalho depois de cumprir o isolamento social.

Tanaka havia sentido os primeiros sintomas ainda no final de abril e ao realizar o testes rápido foi diagnosticado com a doença e imedidatamente afastado de suas atividades.

O anestesiologista fez todo o tratamento e cumpriu o período de confinamento recomendado, mas dias após retomar suas funções, voltou a apresentar os sinais da Covid, dessa vez com mais agressividade.

Segundo ele, o vírus atacou seu pulmão comprometendo ao menos 30% dele. O caso foi tão grave que Daniel teve que ir se tratar em um hospital de São Paulo, onde permanece até o momento.

O médico considera duas hipóteses para o reaparecimento do vírus: A primeira de que o vírus  foi reativado no organismo devido ele não ter desenvolvido os anticorpos necessários para combatê-lo de maneira eficaz. E a segunda é de que resultado do primeiro teste rápido tenha sido um falso positivo e a contaminação só aconteceu de fato, dias depois.

Apesar das hipóteses levantadas, ainda se sabe muito pouco do comportamento do novo coronavírus nos pacientes e os cientistas não descartam que a mesma pessoa possa ser contaminada mais de uma vez.




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.