Compartilhe este texto

Morador diz que pagou quase R$ 12 mil de energia com novos medidores em Manaus

Por Portal do Holanda

22/02/2022 9h31 — em
Amazonas


Foto: Divulgação

Manaus/AM - Durante a reunião da última Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Amazonas Energia itinerante em Manaus, nesta segunda-feira (21), moradores apresentaram denúncias contra a concessionária alegando valores exorbitantes nas contas de energia após a instalação dos novos medidores.

O morador Walderlício de Queiroz participou da reunião no bairro Parque 10, na zona centro-sul, e queixou-se sobre o aumento repentino na conta.

“Eu pagava uma média de R$ 200 a R$ 300. Depois que trocaram os medidores por esses novos, que chamam de automação, minha luz começou a disparar, para R$ 930 ou R$ 940. Quero saber por que o medidor antigo contava menos e esse conta mais, se é a mesma coisa. É um absurdo eu pagar de junho pra cá quase R$ 12 mil reais de conta”, disse.

O defensor público Cristiano Pinheiro Costa, da Defensoria Pública do Estado (DPE-AM), que também estava na reunião, falou sobre a Ação Civil Pública coletiva ajuizada pela Defensoria contra a empresa.

“Há uma insegurança jurídica e os consumidores não sabem em qual medidor confiar. Na ação que movemos, nós pedimos anulação de todas as cobranças, inclusive do novo sistema, e pedimos devolução em dobro e em dinheiro, e também que passe a ser cobrada a taxa mínima. Pedimos ainda que todo esse sofrimento e angústia sejam ressarcidos, então pedimos R$ 2 milhões de indenização, que devem ser divididos entre todas as unidades de consumo impactadas”, explicou.

 



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas