Compartilhe este texto

Ministério Público abre inquérito para apurar cobrança em estacionamento irregular no CSU do Parque 10

Por Portal Do Holanda

30/11/2023 11h43 — em
Amazonas


Foto: Reprodução

Manaus/AM - O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) instaurou inquérito civil para apurar a utilização irregular de um estacionamento e a cobrança indevida de valores durante o 42º Festival Folclórico do Complexo Social Urbano (CSU) do bairro Parque Dez de Novembro, localizado na zona Centro-sul de Manaus.

A decisão atende a uma representação do deputado estadual Wilker Barreto (Cidadania), protocolada no órgão de controle no dia 11 de outubro deste ano. O parlamentar pede a apuração dos atos e a responsabilização cível e criminal dos organizadores do evento, considerado um dos mais tradicionais da cidade.

O inquérito civil foi instaurado pelo promotor Lauro Tavares da Silva, da 62ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção da Defesa da Ordem Urbanística. Na portaria publicada na última segunda-feira (27), o promotor determinou a apuração da utilização indevida do estacionamento do CSU, além da cobrança abusiva de R$ 10 para os frequentadores do evento folclórico que quisessem estacionar seus veículos numa área pública verde dentro do local.

O promotor também solicitou da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) informações e um relatório acerca do presente objeto de inquérito, num prazo de 10 dias.

De acordo com a representação, a mureta do complexo esportivo foi destruída para a construção irregular de um “estacionamento rotativo”, com valor de R$ 10 por veículo. Wilker Barreto afirma que a cobrança é abusiva e que representa uma verdadeira privatização de um patrimônio público.

Além do MPAM, Wilker Barreto também acionou o Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), no dia 26 de junho, com uma representação pedindo a apuração de possíveis irregularidades e a prestação de contas dos recursos investidos e arrecadados no evento, bem como a responsabilização dos agentes públicos envolvidos.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas