Compartilhe este texto

Conexão Mundo para 30 alunos do SESI e SENAI Amazonas

Por

08/04/2014 16h50 — em
Amazonas



Programa de intercâmbio de línguas para estudantes do Ensino Básico e do Ensino Profissional
 
Trinta alunos do Serviço Social da Indústria e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial vão participar do Programa Conexão Mundo 2014, um curso de inglês inovador que ocorre nas escolas do Sistema Indústria em parceria com a Rede Nacional SESI/SENAI e com US-Brazil Connect.

Neste ano, o programa disponibilizará em todo território brasileiro duas mil vagas, contemplando além de alunos das unidades do SESI/SENAI, os de escolas públicas. Vale destacar que o Programa Conexão Mundo se iniciou em 2012, atendendo 200 estudantes de Salvador e, na edição de 2013 o programa se estendeu para 800 participantes de sete estados.

A pedagoga responsável pelo programa no Regional Amazonas, Patrícia de Souza, ressalta que o objetivo é promover maior interesse dos jovens pelo idioma inglês e elevar o nível de conhecimento desta língua. O programa é oferecido gratuitamente aos alunos inseridos na educação articulada do SESI e SENAI do Ensino Básico e do Ensino Profissional.

O conteúdo programático de 340 horas é distribuído em três etapas: duas de aulas a distância, na modalidade virtual, e uma de aula presencial, com a vinda de monitores americanos para o Brasil. Os alunos devem cumprir a programação de 160 horas a distância, 80 horas presenciais e 100 horas de utilização da plataforma virtual pedagógica.

“As aulas vão começar na segunda-feira (dia 14) para os 30 candidatos do 1º e 2º ano do Ensino Médio do SESI da Unidade de Educação Dra. Emina Barbosa Mustafa, localizada no bairro S. José I. Estes alunos ficam na escola por tempo integral para também participar do ensino profissionalizante, ministrados por instrutores do SENAI nos cursos de Assistente Administrativo e de Técnico em Administração”, explicou a coordenadora e supervisora pedagógica do Programa Conexão Mundo no Amazonas, Luana da Silva.

O conteúdo em inglês é realizado em casa ou na própria unidade do SESI nos horários de intervalo e/ou de saída dos adolescentes. A primeira fase on-line do curso está voltada para a interação entre os tutores e os estudantes brasileiros que passam a utilizar as ferramentas do Facebook, Hangouts (bate-papos com webcam pelo Google) e Plataforma do Longman no processo do ensino/aprendizado. 

Após os dois primeiros meses, os monitores norte-americanos chegam a Manaus para realizar a etapa presencial de 30 dias, que ocorrerá no mês de férias dos alunos para não atrapalhar o conteúdo da programação integral de educação básica do SESI e educação profissional do SENAI.

Os monitores selecionados pela ONG US-Brazil Connect são jovens americanos com idade próxima dos participantes do Conexão Mundo para que a linguagem e a comunicação entre monitor e aluno estejam na mesma sintonia. Vale ressaltar que os americanos também são estudantes de escolas profissionalizantes. Com a conclusão da fase presencial, os alunos seguem para a terceira fase com mais dois meses de aulas pela internet. 

Ao final do conteúdo, os dois alunos com melhores notas no curso serão selecionados para fazer parte da turma que passará 15 dias nos Estados Unidos. Na viagem, eles ficam em casas de família, conhecem escolas, universidades, museus, entre outros, tudo para colocar em prática o conteúdo aprendido nos seis meses de curso. 



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas