Siga o Portal do Holanda

Agenda Cultural

Tacacá na Bossa e roda de capoeira agitam Largo São Sebastião; confira programação

Publicado

em

Foto: Divulgação Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Manaus/AM - De quarta (4) a sexta-feira (6), o Largo de São Sebastião será o cenário de vários eventos culturais que vão de show de homenagem ao Dia do Samba, dentro do projeto “Tacacá na Bossa”, roda de capoeira, a lançamento de livros na Banca do Largo. Toda programação terá acesso gratuito.

O penúltimo “Tacacá na Bossa” do ano acontecerá nesta quarta-feira (4), a partir das 18h30, e será temático: uma homenagem ao Dia do Samba (celebrado em 2 de dezembro), comandada pelo Mestre Saúba, que receberá convidados, entre eles, Chico da Silva.

“Vamos fazer essa homenagem reunindo as pessoas que realizam as rodas de samba durante o ano inteiro em Manaus e que, dessa forma, mantêm a tradição na cidade”, comenta Mestre Saúba. “Também teremos a participação mais que especial de Chico da Silva, nossa maior referência, nosso sambista número um e que elevou nossa música ao cenário nacional”, pontua.

Os convidados do Mestre Saúba são Grupo Couro Velho (banda base), Bárbara e Brenda, Assis Almeida, Papaco, Mestre Arnoldo, Joel do Cavaco, Xuxu Nobre, Puca do República, Cláudia Trindade, Patecão, Roni do Pandeiro, Rai do Banjo, Lucinho do Samba, Joubert, Cláudio Sargento e William do Banjo.

Para finalizar a noite, haverá a “Apoteose do Mestre Saúba”, uma bateria show formada pelos mestres de bateria das Escolas de Samba de Manaus, já entrando no clima de carnaval.  

Autógrafos – Na quinta-feira (5), a partir das 18h30, na Banca do Largo, o escritor amazonense Milton Hatoum – um dos maiores nomes da literatura brasileira contemporânea – fará uma sessão de autógrafos para o lançamento do livro “Pontos de fuga”, segundo volume da trilogia “O lugar mais sombrio”, que entrelaça o período da ditadura militar brasileira aos anos de formação de um grupo de jovens acossados pelo golpe e pelos sonhos de liberdade.

Na obra, o protagonista Martim deixa Brasília e retorna a São Paulo, onde ingressa na faculdade de arquitetura da USP e passa a morar numa república de estudantes, no bairro da Vila Madalena. Distante do pai opressor, dos amigos de Brasília, e de Dinah, a atriz militante com quem sua relação ficou estremecida, ele acompanha o endurecimento do regime autoritário no país, ao mesmo tempo que experimenta as agruras e adversidades da vida adulta, sempre assombrado pela incógnita do desaparecimento de sua mãe.

Na sexta-feira (6), a partir das 18h30, será a vez de Ailton Krenak fazer sessão de autógrafos na Banca do Largo para lançar “Ideias para adiar o fim do mundo”. No livro – adaptação de duas conferências e uma entrevista realizadas em Portugal, entre 2017 e 2019 – o líder indígena critica a ideia de humanidade como algo separado da natureza.

Essa premissa estaria na origem do desastre socioambiental desta era, o chamado Antropoceno. Daí que a resistência indígena se dê pela não aceitação da ideia de que somos todos iguais. Somente o reconhecimento da diversidade e a recusa da ideia do humano como superior aos demais seres podem ressignificar as existências.

Timbalada – Também na sexta-feira, às 18h, na Lira do Teatro (espaço entre as escadarias do Teatro Amazonas), o Grupo Incendeia Capoeira apresentará “Timbalada na Praça”, espetáculo contemplado no Edital Amazonas Cênico, que conta com demonstração de instrumentos afro, roda de capoeira e samba de roda. O grupo, formado por 15 pessoas, tem o intuito de fortalecer e divulgar a Capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.


PROGRAMAÇÃO

Dia 4 (quarta-feira)

18h30 – “Tacacá na Bossa – Dia do Samba”, com Mestre Saúba e convidados
 

Dia 5 (quinta-feira)

18h30 – Lançamento do livro “Pontos de fuga”, de Milton Hatoum

 
Dia 6 (sexta-feira)

18h – “Timbalada na Praça”, com o Grupo Incendeia Capoeira

18h30 – Lançamento do livro “Ideias para adiar o fim do mundo”, de Ailton Krenak




Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.