Siga o Portal do Holanda

DIA MUNDIAL DO JAZZ

Noite de Jazz no Teatro Amazonas chega a 2º edição no dia 30 de abril

Publicado

em

Foto: Divulgação

Festejado em 190 países, o Dia Internacional do Jazz, será comemorado em Manaus com a segunda edição do Amazonas Jazz Day, no dia 30 de abril, no Teatro Amazonas. O evento foi criado pela Unesco, através do embaixador da boa vontade da Unesco e pianista Herbie Hancock. 

Em Manaus, o projeto idealizado pelos músicos Leonardo Pimentel e Régis Gontijo retorna um ano depois do sucesso em 2018. "Novamente vamos fundir o jazz com o regional, com Amazônia, com instrumentos musicais e os elementos naturais daqui ", afirma Leonardo Pimentel.
O Amazonas Jazz Day terá novos convidados e muitos músicos que participaram da primeira edição vão se apresentar, novamente, como o vocalista Humberto Amorim, o saxofonista Ítalo Jimenez e o baixista Marcelo Figueiredo. "Nesta edição faremos uma homenagem ao músico Duke Ellington, que completaria 120 anos no dia 29 de abril", lembra Pimentel. 
A música de Duke Ellington influenciou muitos artistas de jazz e até hoje permanece como uma das principais obras do gênero. O artista americano gravou com artistas como Louis Armstrong, John Coltrane e Charles Mingus. As músicas "Take The A Train" e "In a Sentimental Mood" estarão no repertório do Amazonas Jazz Day.
Uma canção conhecidíssima do público amazonense ganhará versão jazzística, o ícone Tic-Tic-Tac, do Carrapicho, receberá uma nova roupagem pelo músico Andrio Dias, através do vibrafone. Em 2018, Andrio levou o público ao delírio interpretando o "Canto da Floresta", do grupo Raízes Caboclas. 
A influência dos instrumentos e musicalidade indígena também retornam ao palco com o músico Ricardo Sá, que vai interpretar a música "He He Nigora", dos índios da etnia tucano, da região do Alto Rio Negro. "Vamos dar um tratamento a esta música na linguagem de jazz, música instrumental com elementos de música contemporânea e experimentação", afirma Ricardo Sá.
Humberto Amorim pretende exibir todo seu swing interpretando a belíssima música de Duke Ellington, "Do Nothin'Till You Hear From Me", que ficou imortalizada nas interpretações de Ella Fitzgerald e Nina Simone. Este ano o Amazonas Jazz Day também leva ao palco uma interpretação de Partido Alto, que ficou famosa com contemporâneo grupo Azimuth, queridinho dos DJs e apreciadores de música eletrônica.
"O jazz é sempre isso. Você nunca toca a mesma coisa, do mesmo jeito e tem que ter espaço para o improviso, é aquele momento mágico no palco em que o instrumentista se solta e a mesma coisa acontece nos arranjos com uma liberdade maior", comenta Pimentel.
Os ingressos estão à venda na Bilheteria do Teatro Amazonas. Os lugares no primeiro piso estão sendo vendidos a R$ 50,00 inteira e R$ 25,00 meia entrada. O segundo piso possui entradas de R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meia. E o terceiro pavimento está disponível com preços populares  de R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia entrada.

O poder do vice Carlos Almeida e os rumores de conspiração no governo

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.