Compartilhe este texto

Rosa Malagueta lança filme inspirado em programas policiais de TV

Por Portal do Holanda

14/12/2021 16h09 — em Agenda Cultural

Foto: Divulgação

Manaus/Am - Com produção de Rafaela Martins, contemplada pela Lei Aldir Blanc, por meio do Prêmio Encontro das Artes, a atriz Rosa Malagueta apresenta nesta quarta-feira (15) o curta-metragem "CPF CANCELADO", rodado entre os meses de março e abril deste ano, no município de Autazes, no interior do Amazonas.

O enredo do filme se confunde com um programa policial de TV, do tipo sensacionalista, e narra a história de "Piolho", interpretado pelo ator Tony Ferreira, que é linchado por "Seu Antônio" e populares, após supostamente ter cometido um assalto a um mercadinho.

"A grande questão que o filme deixa e nos apresenta é sobre a relação da justiça praticada com as próprias mãos e a influência ou relação da mídia nesses atos. Buscamos durante o processo de construção da obra não tendenciar nem para um lado e nem para o outro, deixando assim diversas interpretações possíveis diante do curta", explica a produtora Rafaela Martins.

Rafaela ressalta ainda que, no filme, não é possível ter certeza se o assalto aconteceu de verdade, ou se houve apenas a suspeita por parte do proprietário do mercadinho, vivido por Raymond de Sá. "A trama deixa vários fios soltos, pois a proposta é darmos sequência a esta produção, com 'CPF CANCELADO 2', que já está sendo roteirizado por Wallace Abreu, que assina ainda a direção do curta", pontua.

'CPF CANCELADO' é um projeto contemplado com o Prêmio Encontro das Artes /Lei Aldir Blanc, que conta com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, Governo Federal e Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Especial de Cultura. A produção conta ainda com apoio da Prefeitura de Autazes / Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).

 

Ficção ou realidade?

Para a atriz Rosa Malagueta, que interpreta Vânia no filme, esposa do dono do mercadinho, a trama se confunde entre o que é real e o que é  "imaginado". "O filme é conduzido principalmente pelas narrativas da Vânia, minha personagem, que nem presenciou os fatos. Então ela constrói uma situação que põe frente a frente, diante dos espectadores, um pai de família, trabalhador, temente a Deus, e um homem acusado de roubo que não tem vez nem voz diante da situação, na tentativa de livrar o marido da situação", pontua.

O ator Eduardo Gomes, que interpreta o repórter Carlos Sampaio, é quem apresenta os fatos aos expectadores. "O interessante nessa produção é que o filme se apresenta como um programa de TV. Quem for assistir ao filme terá a sensação que está assistindo a um desses programas policiais que passam na televisão. Essa proposta dá um tom ainda mais realista e mais dramático à obra", argumenta.

 

No interior

A exibição do curta-metragem acontece nesta quarta-feira (15), às 17h, no município de Autazes, respeitando todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, sendo respeitado o distanciamento social e o uso de máscara durante a atividade. O acesso ao espaço de exibição, no Centro de Autazes, contará com público reduzido e só será permitida a entrada mediante a apresentação do comprovante de vacinação. A obra possui classificação indicativa para maiores de 12 anos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Agenda Cultural

+ Agenda Cultural