Siga o Portal do Holanda

MPAM

Acúmulo de cargos em município do Amazonas dá ação na Justiça

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Amazonas, por meio da Promotoria de Justiça de Envira, ajuizou ação civil pública por improbidade administrativa contra o prefeito, o vice-prefeito, a secretária de Administração e mais quatro servidores do município, por acúmulo ilegal de cargos. A ilegalidade foi constatada no curso da investigação contra o vice-prefeito Joandre Mendes de Souza, que acumula o cargo eletivo com o de técnico agrícola de Envira, do qual está afastado, e de agente administrativo da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas (Susam).

Confrontando as folhas de pagamento do Município de Envira e do Estado do Amazonas, o promotor de Justiça Kleyson Nascimento Barroso verificou que, além de Joandre Mendes de Souza, também acumulam cargos públicos nas esferas municipal e estadual Gelson Bezerra de Souza, Antônia Enilda da Silva Pinheiro, Júlio Chagas de Pinho Mattos, Marta Cláudio Xavier, Abiezer Cláudio da Silva e Celma Blasquez Olmedo de Sá Pereira.

O prefeito Ivon Rates da Silva foi incluído no polo passivo da ação, por haver concorrido, intencionalmente, para o acúmulo ilegal de cargos sob sua gestão. Também foram acionados Antônia Enilda da Silva Pinheiro, Júlio Chagas de Pinho Mattos, Gelson Bezerra de Souza, Marta Cláudio Xavier, Abiezer Cláudio da Silva e Celma Blasquez Olmedo de Sá Pereira.

Na ação, o Ministério Público aponta o prejuízo de R$ 635.533,99 aos cofres públicos e pede a condenação de todos à perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, o ressarcimento do dano em valores atualizados, a perda dos cargos em acúmulo ilegal, a suspensão dos direitos políticos de 8 a 10 anos, o pagamento de multas de até 3 vezes o valor do dano e de 100 vezes o valor da remuneração recebida, além da proibição de contratar ou receber benefícios do Poder Público pelo prazo de 10 anos.

Fametro compra um grande problema

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.