Especialista orienta sobre atividades físicas na gravidez

Por Portal do Holanda

07/09/2021 15h03 — em Saúde e Bem-estar

Foto: Divulgação

A prática de atividade física é um hábito que deve ser adotado em todas as fases da vida, inclusive na gravidez. Exercitar-se durante a gestação pode inclusive ajudar na prevenção a doenças e auxiliar no momento do parto.

A realização de atividades físicas na gestação é indicada pelo American College of Obstetricians and Gynecologists desde a década de 90. Em 2002, a Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte incluiu em seu guia a orientação para que grávidas pratiquem exercícios, sem contraindicações médicas.
A educadora física Priscila Feitoza, diz que durante muitos anos propagou-se que fazer exercício durante a gravidez poderia ser perigoso. “Não é verdade. Se a grávida for saudável e tiver liberação  médica, o exercício vai ser excelente para a gestação”, comentou.

Mulheres que não possuem o hábito de fazer uma atividade física regularmente, podem começar a praticar na gravidez, sem problema. Segundo ela, é preciso iniciar aos poucos, sempre com orientação de um profissional de educação física, indicando o tipo de exercício ideal para o seu condicionamento. "Atividades de grande intensidade não são recomendadas para mulheres grávidas que não fazem exercícios regularmente. O melhor é ir aos poucos, até conseguir fazer 150 minutos de atividades por semana”, destacou.

No caso das gestantes que já mantêm uma rotina mais intensa de exercícios, o ritmo pode ser mantido, desde que sintam-se confortáveis e com a saúde em dia. “Se for o caso, o educador físico pode fazer adaptações nos movimentos”, frisou.

Priscila ressalta que o Colégio Americano de Ginecologia e Obstetrícia alerta para que as gestantes fiquem atentas à hidratação corporal, durante os exercícios, e à hipertermia, que é a elevação da temperatura corporal. “Qualquer sintoma estranho, como sangramento, dor abdominal, contração, a orientação é procurar o médico imediatamente”, reforçou.

Benefícios – De acordo com Priscila Feitoza, entre os benefícios do exercício na gravidez estão a prevenção a doenças como diabetes gestacional, hipertensão e depressão pós-parto. Também ajuda a reduzir desconfortos comuns desse período, como as dores lombares, que aumentam à medida que a barriga aumenta, e a fadiga, além de contribuir para o controle de peso. O exercício reduz, ainda, o risco de parto prematuro, evitando assim que o bebê nasça antes do tempo e com baixo peso.

A educadora física destaca que há diversos estudos que indicam que mulheres mais ativas são menos propensas a precisarem fazer partos cesáreos. “O parto normal traz vários benefícios para a mãe e para o bebê, além de a recuperação ser mais rápida. Claro que há casos em que não é possível. O obstetra fará essa avaliação”, disse ela.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar