Compartilhe este texto

Após morte de filho de Cristiano Ronaldo, especialista explica riscos na gestação de gêmeos

Por Portal do Holanda

19/04/2022 10h28 — em
Saúde e Bem-estar


Foto: Reprodução/Instagram

O jogador de futebol Cristiano Ronaldo e sua esposa Georgina Rodríguez, anunciaram nesta segunda (18), que um dos filhos gêmeos que esperavam morreu. A gestação de gêmeos tem algumas particularidades, como alterações metabólicas, além de complicações para a mãe e para o feto.

A gestação gemelar pode ocorrer quando os ovários liberam dois óvulos e cada um é fecundado por um espermatozóide, quando se desenvolvem gêmeos não identicos, ou quando um único óvulo fecundado por um espermatozoide se divide em dois embriões (gêmeos identicos).

A especialista em reprodução humana Fabia Vilarino explicou ao G1 que as principais complicações acontecem durante a própria gravidez, como o parto prematuro, que é sete vezes mais frequentes na gravidez de gêmeos.

Fabia explica que também existe risco no desenvolvimento de uma doença chamada de restrição de crescimento intrauterino (RCIU), uma complicação grave reconhecida em 3% a 10% das gestações únicas e em 9% de todos os gêmeos.

O problema tem a ver como o número de placentas desse tipo de gestação, o que os médicos chamam de corionicidade. Se cada bebê estiver em uma placenta separada, mesmo que eles sejam gêmeos idênticos, os riscos são muitos menores quando comparados com gestações de gêmeos que ocorrem em uma única placenta.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Saúde e Bem-estar

+ Saúde e Bem-estar