Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Quesito "mandado" tem maior peso em concurso da Polícia Civil do Amazonas

Publicado

em

Por

Manaus - A questão judicial passou a ter peso decisivo no concurso da Polícia Civil do Amazonas. Candidatos posicionados no final da lista conseguiram dar um pulo e estão sendo nomeados com base em liminar concedida pela justiça estadual. Fora o caso do filho do delegado geral, Caio César (classificação 897), agora foi a vez de Melquisedeque Sarah Lima Galvão e mais três candidatos:  Helio Jorge Cavalcante dos Santos - posição n. 306º, Michele Sandreani Torres Rondon, posição   687º e Sergio Augusto Graça Cavalcante, posição 921º , ingressarem na justiça pedindo recontagem de pontos e matricula no concurso de formaçao de delegados, já extinto com a divulgação do resultado do certame ano passado.

Eles conseguiram liminar do juiz da  4a. Vara da Fazenda Pública Estadual,  Márcio Rothier, que determina sua inscrição no  concurso de formação e em caso de aprovação  a nomeação como delegados. 

O juiz   determina que o delegado geral receba "imediatamente" os títulos que deverão ser contabilizados aos pontos auferidos nas provas objetiva e discursiva e informe a ordem de classificação dos requerentes, no prazo de 72 horas. O Rothier  manda,  ainda,  na decisão, datada de 2 de abril, que o delegado geral matricule os requerentes no curso de formaçao de delegado de policia. [

 

Se forem nomeados passarão na frente de dezenas de candidatos com melhor colocação no certame.

 


 

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.