Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Omar visita áreas alagadas em Manaus

Publicado

em

Por

O governador Omar Aziz visitou na manhã desta quinta-feira áreas alagadas em Manaus e anunciou medidas emergenciais para amenizar o problema enfrentado pelas famílias em situação de risco. Ele determinou a construção de passarelas, marombas, entrega de madeira, retirada de lixo, distribuição de hipoclorito de sódio e   anunciou que a solução definitiva virá com a retirada das famílias pelo Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) prevista para iniciar no final deste ano. A ação emergencial está sendo coordenada pela Defesa Civil do Estado em conjunto com várias secretarias e órgãos estaduais.


As visitas, que devem prosseguir nesta sexta-feira na zona oeste, iniciaram nos bairros da Raiz, Betânia e encerrou no Presidente Vargas (Bariri), na zona sul, onde a presidente do Fundo de Promoção Social, a primeira-dama Nejmi Jomaa Aziz, integrou a comitiva que acompanhava o governador. 

Todos os bairros visitados estão programados para receberem as ações do Prosamim. Na área alagada entre a Betânia e a Raiz, 600 famílias foram cadastradas e devem começar a ser remanejadas entre o final deste ano e o primeiro semestre de 2013. “Queremos agir o mais rápido possível para que na próxima cheia essa situação não se repita”, disse o governador.

No bairro Presidente Vargas, outras 600 casas devem ser retiradas para que o Prosamim possa avançar. A área deverá ser uma das beneficiadas pelo Prosamim da Bacia do São Raimundo, que vai remanejar mais de 4 mil famílias do São Raimundo, Glória, Bairro do Céu, Aparecida e parte do Centro. O governo também deverá retirar, por meio de outra ação do Prosamim, 2.148 famílias de áreas alagadas no São Jorge, zona oeste.

As soluções para a retirada das famílias passam por desapropriação e pagamento de indenização, remanejamento para conjuntos residenciais da Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab) ou para os conjuntos construídos pelo Prosamim.

INTERIOR - No interior, o governador anunciou que vai agilizar a entrega dos Cartões Amazonas Solidários no valor de R$ 400. Segundo ele, neste momento mais de 74 mil pessoas sofrem com efeito das cheias em 38 municípios. "Vamos nos dividir em equipes, para que a ajuda chegue mais rápido. O cartão não resolve o problema mas ameniza a situação de quem está sofrendo com a casa debaixo d’água".

 

As visitas prosseguem nesta sexta-feira, com Omar e Nejmi ouvindo os problemas dos alagados e levando assistência da Ação Emergencial.

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.