Junta governativa teria feito uso de documento falso para afastar diretoria de sindicato

Junta governativa teria feito uso de documento falso para afastar diretoria de sindicato

Por

17/06/2012 7h02 — em Amazonas

 O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Manaus, Josildo Oliveira, ingressou com notícia crime na Procuradoria Geral do Ministério Público do Trabalho contra os ex- integrantes da junta governativa que administrou o  sndicato durante o seu afasamento. Jânio da Costa Pereira, Ivanilton Alves Lopes e Francisco Bezerra teriam feito uso documento falso.


De acordo com Josildo ,  eles ingressaram com ação trabalhista na 8ª Vara em Manaus, com o objetivo de destituir a diretoria eleita do sindicato usando documentos fraudulentos e  conseguiram o seu afastamento da presidência.

Josildo Oliveira, que já retornou ao sindicato por decisão da justiça, solicitou  que seja instaurado um Inquérito Civil Público e que a Polícia Federal possa fazer uma perícia minuciosa na documentação apresentada por Francisco Bezerra.

 
 

NULL

+ Amazonas