Siga o Portal do Holanda

Política

Dilma, irritada com corrupção, manda demitir funcionários indiciados pela PF

Publicado

em

Por

 A presidente Dilma Rousseff ordenou a exoneração ou afastamento de todos os funcionários públicos envolvidos em um novo escândalo de corrupção, entre eles o chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo, informaram fontes oficiais.

A decisão da presidente foi confirmada em comunicado à imprensa um dia depois que a Polícia Federal realizasse a chamada Operação "Porto Seguro" para prender seis de 18 acusados de integrar uma rede de corrupção.

A operação teve como objetivo desmantelar uma organização na qual, supostamente, estão envolvidos vários funcionários que ocupavam altos cargos do Estado e que teria ramificações em um Ministério e sete órgãos públicos, e se dedicava a elaborar relatórios técnicos fraudulentos para favorecer determinadas empresas privadas em contratos públicos.

Entre os 18 acusados de delitos como corrupção, falsificação de documentos e tráfico de influência, figura a chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Nóvoa de Noronha, assim como diretores da Agência Nacional de Águas (ANA) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

"Por determinação da Presidência, todos os funcionários formalmente acusados na Operação Porto Seguro serão afastados de seus cargos ou exonerados de todas suas funções", segundo o comunicado divulgado pelo Palácio do Planalto.



 

NULL

+ Política

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.