Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Amazonino reafirma:"não serei candidato a reeleição"

Publicado

em

Por

O anúncio da desistência não foi por falta de apoio. Antes, o secretário geral do PDT no Amazonas, Demilson Chagas,  disse em seu discurso que “aonde o Amazonino quiser ir, nós iremos lá com ele, empurrando esse barco”, arrancando aplausos do auditório do Partido.  Do presidente provisório Stones Machado, recebeu idêntico voto de confiança para a sua escolha.

 

Manaus - O prefeito Amazonino Mendes e o ex-ministro do Trabalho, Carlos Lupi estrelaram ontem o encontro regional do PDT para a eleição de seu novo Diretório Regional, evento realizado no mezanino do hotel Taj Mahal. Numa rápida entrevista após sua participação no evento, pela manhã, Amazonino confirmou sua disposição de não ser candidato à reeleição e disse que apoiará “um candidato que não seja político”.

O prefeito disse que mesmo que o seu partido não venha a ter candidato próprio, haverá sempre a possibilidade uma aliança, a qual ele condicionou a “uma candidatura técnica, não política”. Quando indagado se isso eliminava de seu arco de possibilidades a candidatura do senador Eduardo Braga, que é político e seu antagonista mais notório, o prefeito foi lacônico, afirmando que “Essa é uma discussão estéril”.

Na mesa do evento Amazonino foi apresentado por Lupi, que é presidente Nacional da sigla, como a liderança que vai conduzir o PDT nestas eleições. Mas o próprio presidente reconheceu que a hora é imprópria para falar em candidatura. “Temos de lhe dar o direito de decidir no momento certo, na hora certa, o caminho a seguir”, disse Lupi, depois de historiar a carreira política do prefeito de Manaus.

Em seu discurso aos convencionais, mais de 150 reunidos no salão do mesanino do hotel, Amazonino disse que é uma honra ser prefeito de Manaus, mas no momento ele não se sente disposto a uma candidatura. “Eu tenho de concluir a minha obra, como eu sempre fiz. Tenho a obrigação de zelar pela minha biografia política”, disse.

O anúncio da desistência, não foi por falta de apoio. Antes, o secretário geral do PDT do Amazonas, Demilson Chagas, que é um dos reorganizadores do partido, disse em seu discurso que “aonde o Amazonino quiser ir, nós iremos lá com ele, empurrando esse barco”, arrancando aplausos do auditório. Do presidente provisório Stones Machado, recebeu idêntico voto de confiança para a sua escolha.

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.