Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Semsa realiza programação de combate à sífilis em Manaus

Publicado

em

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Para marcar o Dia Nacional de Combate à Sífilis, celebrado no próximo sábado, 19/10, a Prefeitura de Manaus preparou uma série de atividades que serão executadas até o dia 6/11, pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O objetivo é a intensificação do trabalho que as unidades de Saúde já desenvolvem na rotina de serviço para a prevenção e diagnóstico precoce da doença.

Na Unidade Básica de Saúde (UBS) Avelino Pereira, bairro Jorge Teixeira, uma atividade foi realizada nesta quinta-feira, 17/10, com ações de Educação em Saúde, distribuição de preservativos e a oferta da testagem rápida, exame que permite o diagnóstico em até 30 minutos da doença.

“A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível, causada pela bactéria Treponema pallidum, que pode ser prevenida com o uso do preservativo. É uma infecção que tem tratamento e cura, mas para isso é preciso ter o diagnóstico, o que só é possível quando o paciente procura uma unidade de saúde para a realização do exame”, explica o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

O público-alvo prioritário das atividades programadas é formado por homens jovens, com idade entre 12 e 24 anos. “As ações de combate à sífilis são direcionadas para toda a população, mas a Semsa quer reforçar o trabalho junto aos homens jovens, que culturalmente têm maior resistência a procurar os serviços de saúde, realizar exames ou mesmo seguir com o tratamento até a cura da doença”, informa Magaldi.

Atuando há três anos na UBS Avelino Pereira, o médico Victor Ribeiro alertou para os riscos do diagnóstico tardio. “A sífilis se não for tratada em tempo hábil pode chegar ao grau de sífilis terciária, afetando o cérebro com a neurossífilis, que é um quadro gravíssimo. Então, quanto antes for feito o diagnóstico e o paciente procurar auxílio médico para o tratamento, maior é a chance de evitar esse estado crítico”, alertou o médico.

Sífilis congênita

A sífilis também pode ser transmitida para a criança durante o período de gestação e parto (transmissão vertical), chamada sífilis congênita, que pode causar sequelas permanentes, aborto e óbito fetal.

Se a gestante receber tratamento adequado e precoce durante a gestação, o risco para a criança é minimizado. Uma das estratégias executadas é seguir o protocolo do Ministério da Saúde garantindo a realização do teste rápido durante o pré-natal nas UBSs.

Para a dona de casa Emily de Sena, 25 anos, realizando o pré-natal do segundo filho na UBS Avelino Pereira, a oferta do exame é essencial para o cuidado da saúde da criança. “Fiz o teste rápido na gravidez do meu primeiro filho e estou fazendo de novo, já que é um exame que faz parte do pré-natal e porque tenho noção dos riscos para a criança. Acho importante a oferta do exame e o alerta para a população porque muitas pessoas têm vergonha e não procuram tratamento, o que coloca a vida da própria pessoa em risco e pode prejudicar a saúde de uma criança”, diz Emily.

Em Manaus, o teste rápido de sífilis está disponível em 155 Unidades de Saúde municipais, sendo prático e de fácil execução, sem a necessidade de estrutura laboratorial. Recomenda-se que as pessoas sexualmente ativas realizem o teste para sífilis rotineiramente. Todas as gestantes e seus parceiros sexuais devem ser investigados para as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e informadas sobre a possibilidade de prevenção da transmissão para a criança.

“O cuidado, a prevenção e o tratamento são primordiais para reverter a infecção, evitando a transmissão da mãe para o bebê. A atenção integral às pessoas com IST e às parcerias sexuais, no momento adequado e oportuno, interrompe a cadeia de transmissão e melhora a qualidade de vida das pessoas”, reforça a chefe do Núcleo de Controle das ISTs/Aids da Semsa, enfermeira Rita de Cássia Castro de Jesus.

Programação

Além das atividades que serão desenvolvidas nas Unidades de Saúde, a Semsa está programando ações em locais com grande circulação de pessoas para facilitar o acesso aos serviços.

Uma delas vai acontecer na Minivila Olímpica do Coroado na próxima segunda-feira, 21, das 17h às 20h, em uma grande mobilização que pretende envolver o público jovem. Serão desenvolvidas ações educativas e de prevenção, testagem para sífilis, hepatites e HIV com a utilização da Unidade Móvel e a participação das equipes técnicas de prevenção às IST e Aids da Semsa, contando também com o apoio da Coordenação Estadual de IST/Aids e da Rede de Amizade e de Solidariedade (Organização da Sociedade Civil).

Dados

De acordo com os dados obtidos por meio do Sistema de Notificação de Agravos (Sinan), os números de casos de sífilis em Manaus, seja congênita, adquirida ou em gestante, tem aumentado nos últimos anos. Em 2018 foram notificados 3.013 casos de sífilis adquirida, 1.422 casos de sífilis em gestantes e 817 casos de sífilis congênita. Até setembro de 2019, foram notificados 2.366 casos de sífilis adquirida, 1.168 casos de sífilis em gestantes e 574 casos de sífilis congênita. Quanto à distribuição por faixa etária, o comportamento de Manaus, segue o nacional, com maior incidência de 15 a 29 anos (adultos jovens).

Infecção

A sífilis pode apresentar várias manifestações clínicas em diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária). Os sintomas da sífilis primária são: ferida, geralmente única, no local de entrada da bactéria (pênis, vulva, vagina, colo uterino, ânus, boca, ou outros locais da pele). Normalmente não dói, não coça, não arde e não tem pus, podendo estar acompanhada de ínguas (caroços) na virilha.

Na sífilis secundária, podem ocorrer manchas no corpo, que geralmente não coçam, incluindo palmas das mãos e plantas dos pés, febre, mal-estar, dor de cabeça, ínguas pelo corpo.

Na sífilis latente (fase assintomática) não aparecem sinais ou sintomas. A fase terciária costuma apresentar principalmente lesões cutâneas, ósseas, cardiovasculares e neurológicas, podendo levar à morte.

Projeto sinistro de poder usa caso Flávio como bandeira

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

ABFO: SOMMELIER EMIL LECAMP, GERENTE DE MARKETING IMPORTADORA CANTU


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.