Siga o Portal do Holanda

Prévia do julgamento

Justiça adia audiência de instrução do médico acusado de estuprar pacientes em Manaus

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Manaus/AM - A audiência de instrução ao julgamento do clínico geral Júlio Adriano da Rocha Carvalho, de 33 anos, que estava previsto para iniciar nesta quarta-feira (13) foi adiado para o 29 de abril de 2020. O réu responde pelos estupros de duas pacientes na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales. 

O motivo do adiamento não foi divulgado oficialmente, mas informações prévias confirmam as presenças do acusado, sua advogado e de testemunhas na audiência. Uma possível declaração de suspeição por parte do promotor de Justiça pode ter sido o motivo do adiamento.

As denúncias contra o médico surgiram em abril deste ano com os dois casos de estupro, mas ele já estava sendo alvo de investigação policial desde 2018. Se estima que cinco vítimas já relataram abusos sexuais por parte do clínico geral. 

O médico está temporariamente afastado das suas funções e é monitorado por tornozeleira eletrônica por determinação judicial. 

Caso da busca na casa de Igor e Paola Valeiko Promotor errou, mas juiz errou mais

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.