Instituto Federal do Amazonas leva estudantes ao Computer on the Beach

Por Portal do Holanda

28/02/2020 11h21 — em Amazonas

Estudantes do Ifam Lábrea desenvolveram projeto - Divulgação/Ifam

Manaus/AM - Trabalhos de três alunos do Instituto Federal do Amazonas (Ifam) foram aprovados para apresentação no 8º Concurso de Trabalhos Técnicos da 11ª edição do Computer on the Beach que ocorrerá em Santa Catarina, e premiará as ideias desenvolvidas por estudantes matriculados em cursos técnicos da área da Tecnologia da Informação do Ensino Médio. As propostas submetidas e aceitas no evento são oriundas de projetos desenvolvidos no Campus Lábrea, que partem da observação da ausência de ações voltadas para idosos e da pouca assistência a crianças com necessidades especiais.

Realidade virtual

Com orientação do professor Fabiann Matthaus Barbosa, os alunos Bárbara Vitória, Francisca Kauana e Mizael Rodrigues, do ensino médio técnico em Informática, desenvolvem projetos de realidade virtual para terceira idade de comunidades carentes, além da criação de um livro interativo para o público infantil do município de Lábrea, cidade distante 853 km de Manaus-AM. Os trabalhos aprovados no Computer on the Beach concorrem em duas áreas: extensão e pesquisa. Os estudantes competirão com outras instituições de ensino do Brasil.

O projeto ‘Trabalhando com Realidade Virtual com idosos de comunidades carentes’ é tema do trabalho aprovado na área de extensão e foi aplicado durante o ano de 2019, na comunidade ribeirinha Praia do Pirão e no ramal do Tauaruã. A ideia foi reviver as histórias do município por meio de fotos antigas e novas em 360° através de óculos de realidade virtual feitos de papelão coletado em estabelecimentos da cidade e confeccionados pelos alunos. Durante quatro meses, foram realizadas visitas aos idosos e apresentadas diferentes imagens da cidade de Lábrea. “É uma enorme felicidade estar participando de um evento nacional pela primeira vez e ver os frutos sendo colhidos de um projeto tão árduo, mas bastante prazeroso de realizar com os idosos", ressaltou Bárbara Vitória.

Realidade aumentada

Concorrendo na área de pesquisa, o projeto ‘Criando um livro interativo com realidade aumentada para crianças com necessidades especiais em Lábrea’ está em fase de aplicação. O professor Fabiann Barbosa explica que, para o desenvolvimento do trabalho, foram feitas pesquisas sobre o uso da realidade aumentada e histórias infantis. “Após as pesquisas, foi criado um livro interativo contando a história de Lábrea com realidade aumentada, onde os alunos criaram personagens, animações e objetos em 3D, utilizando ferramentas como Blender e Unity3D”, disse. Em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura (Semec) e juntamente com uma equipe multidisciplinar do município, as histórias do livro são contadas nos espaços onde são atendidas crianças com autismo, paralisia cerebral e Transtorno de Déficit de Atenção. 

Participação de alunos em eventos nacionais 

O Computer on the Beach é o segundo evento que o professor tem trabalhos aprovados com alunos, o primeiro foi o Encontro Nacional de Computação dos Institutos Federais (Encompif), em 2018. Para Barbosa, é muito importante a participação dos estudantes em eventos nacionais, pois pode ser considerado um momento de preparação para o mercado profissional e também para outras experiencias acadêmicas futuras. “A participação da comunidade acadêmica em eventos científicos é fundamental para expor os trabalhos que estão sendo desenvolvidos em comunidades e população muitas vezes esquecidas, e mostrar a contribuição de projetos de extensão e pesquisas para todos os envolvidos, além poder de colher os frutos dos projetos aplicados”, destacou.

 Sobre o evento

A 11ª edição do Computer on the Beach ocorrerá nos dias 1º a 3 de abril deste ano, em Balneário Camboriú-SC, e reunirá profissionais, pesquisadores e acadêmicos da área de computação, a fim de discutir as tendências de pesquisa e mercado da computação em suas mais diversas áreas. Mais informações: https://www.computeronthebeach.com.br/