Sindipetro protesta contra aumento de combustível em Manaus

Por Portal do Holanda

04/03/2021 11h38 — em Manaus

Manifestação ocorreu em posto de combustível - Foto: Reprodução

Manaus/AM -  O Sindicato dos Petroleitos (Sindipetro) do Amazonas e o Sindicato dos Taxistas do Amazonas, fizeram uma manifestação contra o aumento do preço dos combustíveis, na manhã desta quinta-feira (4), em um posto de gasolina na Avenida Cosme Ferreira, em Manaus.

Segundo o coordenador geral do Sindipetro, Marcos Ribeiro, a manifestação teve o objetivo de debater o motivo dos aumentos recentes do valor dos combustíveis. 

Para ele, a Petrobras aplica o preço do combustível baseado no mercado internacional. Ele disse ainda, que a categoria é contra a privatização de refinarias em todo o país.

"Com as refinarias em operando com 100% da capacidade, o combustível poderia ser vendido a um preço mais acessível para a população. Das 13 refinarias que temos no país, o governo e a Petrobras colocaram à venda oito refinarias, com um discurso falso de que vai gerar concorrência. A nossa refinaria, a única do Amazonas, única da região Norte vai concorrer com quem?”, questionou.

O diretor Sindicato dos Taxistas, Marcio Fleury, comentou que a classe se sente sufocada com os reajustes que a Petrobras tem praticado. Ele disse ainda, que devido aos reajustes no preço dos combustíveis, os trabalhadores estão tendo que pagar para tranalhar.

“Queremos mostrar para as autoridades que estamos sufocados com os constantes reajustes. Só esse ano já foram seis aumentos. Estamos pagando para trabalhar", dasabafou.

Durante o ato, os sindicatos fizeram uma ação para abastecer 100 táxis ao valor de R$ 3,50 no posto onde a manifestação aconteceu.

O valor, segundo ele, foi baseado em um estudo do preço que poderia ser praticado pela Petrobras, caso não houvesse a aplicação do valor do mercado internacional e a não privatização das refinarias.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus