Siga o Portal do Holanda

Fim da urna?

Brasil pode retornar a ter voto impresso

Publicado

em

Foto: Reprodução Internet Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Cumplicidade, omissão e mortes pelo coronavírus no Amazonas


Foi aprovada nesta terça-feira (17), por 33 votos a cinco, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, a admissibilidade de PEC que exige a impressão de cédulas em papel em eleições no Brasil.

De acordo com a Folha de São Paulo, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/19, é de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), que afirma que as urnas eletrônicas são alvo de constantes críticas, e que no caso do voto impresso, as cédulas deverão ser depositadas em urnas indevassáveis de forma automática e sem contato manual, para fins de auditoria.

Ainda de acordo com a PEC, os eleitores poderão conferir as cédulas. A medida valeria para eleições, plebiscitos e referendos no Brasil. O dispositivo não acabaria com a urna eletrônica, apenas obrigaria a impressão do voto.

Ainda segundo a Folha, pela constituição, uma lei que altere o processo eleitoral não pode se aplicada em uma eleição que aconteça até após um ano depois que ela comece a vigorar, ou seja,  a PEC não valeria para as eleições de 2020.

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.