Pai de Cartolouco e equipe se pronunciam sobre suposta agressão à ex

Por Portal do Holanda

19/09/2020 16h01 — em Famosos & TV

Jornalista esportivo é participante de

O pai e a equipe de Lucas Strabko, o  Cartolouco, que está esquentando o clima com Biel em "A Fazenda 12", se pronunciaram neste sábado (19) após o Uol Esporte divulgar supostos casos de agressão à ex-namorada. 

A reportagem afirma que Cartolouco teria histórico de relacionamentos abusivos e com violência. O primeiro, em 2012, quando ele estava no ensino médio. A moça que não quis se identificar afirma que ele a manipulava psicologicamente em decorrência das traições mas negou ter sido vítima de agressões físicas. O segundo relacionamento ,que teria tido agressão física e psicológica, conta com testemunha ocular, e com prints de conversas em que o jornalista esportivo admite a agressão.

Pois bem. O pai de Cartolouco, Gerson de Almeida Strabko afirmou que as denúncias foram feitas para prejudicar a imagem do filho, e disse não ter conhecimento do caso: "Ele é um garoto forte. É um menino trabalhador, bacana, estudioso e chegou aonde chegou por conta própria. Estou muito indignado e triste". 

Ele confirmou que o casal realmente viajava muito para Guarujá, mas acredita que as denúncias são duvidosas: "Se eles tiveram um relacionamento conturbado, por que durou tanto tempo?", questionou.

A equipe de Cartolouco se pronunciou ao site de Hugo Gloss, dizendo não poder falar em nome de Cartolouco mas afirmando que "há anos ele está na mídia e absolutamente nada do tipo veio à tona até o presente momento, e que não há e nem nunca houve qualquer denúncia formal contra o Lucas". 

"Esperamos que todos os fatos sejam elucidados de forma responsável e que seja dado a ele o mesmo direito e espaço de defesa que se deu à acusação. Gostaríamos de ressaltar também que há anos o Cartolouco está na mídia e absolutamente nada do tipo veio à tona até o presente momento, e que não há e nem nunca houve qualquer denúncia formal contra o Lucas. Mais uma vez, pedimos responsabilidade e ressaltamos que todos os lados dessa história merecem e devem ser ouvido".