Moro acusa Bolsonaro de querer ter acesso aos relatórios e investigações da PF

Por Portal do Holanda

24/04/2020 11h08 — em Política

Foto: Reprodução GloboNews

Em entrevista polêmica concedida na manhã de hoje (24), Sérgio Moro  fez uma série de revelações, entre elas que Bolsonaro demitiu Maurício Valeixo porque quer interferir em investigações e processos da Polícia Federal.

Moro afirmou com todas as letras que o presidente quer colocar no cargo alguém que possa lhe repassar informações privilegiadas e que por lei deveriam ser sigilosas: “O presidente me disse que queria colocar uma pessoa dele, que ele pudesse colher informações, relatórios de inteligência. Realmente, não é papel da PF prestar esse tipo de informação".

Ele explicou que não tem problemas em trocar líderes, mas que a motivação precisaria ser a correta: “O problema não é quem vai, mas por que vai entrar”.

O ex-ministro também pontuou que o contrário do que foi divulgado pelo Governo, o delegado da PF do Rio, Maurício Valeixo não pediu exoneração do cargo, mas foi sim retirado por motivos pessoais de Bolsonaro e também, desmentiu que ele próprio teria assinado a exoneração:

“Eu fui pego de surpresa com a confirmação da exoneração e não assinei nada”, declarou.

Antes de finalizar a coletiva, Moro deixou bem claro que está saindo por não concordar aprovar a conduta ilegal do presidente e por ser fiel a seus princípios:

“Eu falei a ele que seria interferência política e ele disse que seria mesmo (…) Não tive outra opção, Tenho que preservar o compromisso que assumi junto  ao próprio presidente de que seríamos firmes no combate a criminalidade”.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Política