Neymar foi chamado de macaco, dizem especialistas em leitura labial

Por Portal do Holanda

20/09/2020 15h07 — em Esportes

Depois da TV espanhola afirmar que não encontrou xingamentos racistas na fala de Álvaro González contra Neymar Jr., na partida contra o Olympique de Marselha, especialistas em leitura labial reunidos pelo Esporte Espetacular (Globo), identificaram que o jogador brasileiro foi, sim, chamado de "mono", que em espanhol significa "macaco". 

Segundo os especialistas, ao fazer o xingamento racista, Álvaro virou a boca: "Ele fala a palavra 'mono' em espanhol, no momento em que ele, inclusive, fala e vira a boca. Ali fica claro.", disse Felipe Oliver. "A gente não conseguiu, por exemplo, perceber o que ele fala antes de falar a palavra 'mono'. Mas a palavra 'mono' foi um trecho que a gente teve consenso na hora em que estava fazendo o trabalho de leitura labial", afirmou.

Neymar acusou o jogador por racismo ainda no primeiro tempo, reclamando com a arbitragem. No entanto, nada aconteceu. Ao longo do jogo, os dois continuaram discutindo, e segundo especialistas internacionais, o brasileiro fez um xingamento homofóbico contra o rival: "puta maricón" (algo como 'puta viado'). Neymar acabou expulso devido à briga e agrediu o zagueiro antes de sair.  

Conforme o programa da Globo, foram chamados para a análise das imagens os especialistas  Luis Felipe Ramos, da Associação de Surdos do Rio de Janeiro; Felipe Oliver e Mikel Vidal, tradutores de libras que trabalham para o Instituto Nacional de Educação de Surdos, sendo que o segundo é filho de colombianos e formado em espanhol avançado. 

 

 

+ Esportes