Criador do robô R2-D2 de 'Star Wars' é encontrado morto em sua residência

Por Portal do Holanda

05/03/2016 10h06 — em Cinema


O professor Tony Dyson, criador do famoso robô da saga "Star Wars" R2-D2, foi encontrado morto em sua residência da ilha de Gozo, em Malta - informou uma fonte policial nesta sexta-feira. O porta-voz da Polícia maltense, Kurt Bugeja Coster, disse à AFP que as autoridades iniciaram uma investigação para determinar as causas da morte de Tony Dyson, um cidadão britânico de 68 anos.

"Descartamos até o momento a hipótese de assassinato. Há uma investigação em curso e se praticará uma necropsia para determinar as causas da morte", acrescentou.

A Polícia chegou ao local alertada por vizinhos que acharam suspeito que a entrada da casa de Dyson estivesse aberta. Em geral, permanecia fechada. Ao entrar na residência, os agentes encontraram o corpo de Dyson, que mora na ilha desde a década de 1990.

O pequeno R2-D2 é o companheiro inseparável do androide C-3PO.

Dyson trabalhou em muitos filmes e era considerado um gênio dos efeitos especiais e da produção de ciência ficção. Também projetou robôs para as principais empresas eletrônicas do mundo, entre elas Sony, Philips e Toshiba.

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Cinema