Lava Jato alimentou rede de ódio

Por Portal do Holanda

29/10/2020 19h41 — em De olho na Política

Em entrevista ao Roda Viva de segunda-feira, 26, o marqueteiro João Santana, preso pela Lava Jato em 2016, disse que o sucesso da eleição de Bolsonaro foi sua contínua exposição na mídia e a Operação Lava Jato. “A Lava Jato, querendo ou não, alimentou a rede de ódios.”

Contribuíram muito a ‘facada’ em Juiz de Fora e a campanha “Ele não”, que o colocou em definitivo nas redes sociais. 

Caso parecido

Ainda pouco visível, na disputa em Manaus está acontecendo fenômeno parecido. Adversários com potencial de mídia estão atacando um candidato e fazendo-o crescer nas pesquisas .
 
Derrotas na saúde

Duas derrotas na saúde foi o ‘presente’ do Dia do Servidor Público, para o presidente da República. Ontem Bolsonaro teve de recuar no decreto de privatização do SUS, fritando a ideia de Paulo Guedes. E a Anvisa autorizou a importação de insumos para a vacina Coronavac.

Escapando de Bolsonaro

Em queda nas pesquisas, Celso Russomano em Sampa tenta escapar da ‘presença’ de Bolsonaro em sua campanha. Segurando o 3º lugar a duras penas, em Manaus, Zé Ricardo se ‘esquiva’ do PT e de seu ex-líder Lula. São as assombrações de campanha.