Siga o Portal do Holanda

Constrangimento

Cliente ganha indenização de 8 mil reais

Publicado

em

Empresa diz que exerceu seu direito

Cliente foi abordada por seguranças de uma loja na saída e teve que retornar ao estabelecimento sob a suspeita de ter furtado objetos da empresa que estavam em exposição.

Os seguranças fizeram revista em seus pertences no salão da loja, sob a vista dos demais clientes que estavam no local, sem que, no entanto, fosse encontrado com a cliente submetida à revista, qualquer artigo pertencente à loja.

Levado o caso à Justiça, a cliente ganhou direito a uma indenização de oito mil reais por danos morais.

Conforme entendimento da 29ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, que manteve a decisão de indenização, a cliente foi revistada de forma vexatória. Para a desembargadora Silvia Rocha "A autora só poderia ser abordada por fiscais da ré e convidada a retornar à loja, caso houvesse evidência de furto, não mera suspeita…”

Caso houvesse evidência de furto, a loja poderia exercer seu direito de fazer a revista, afirmou a desembargadora, mas em local reservado, com testemunhas e fora do alcance dos outros consumidores ou funcionários.

Processo: 1074549-62.2017.8.26.0100

Fonte: TJ-SP

Gente armada causa pânico em boate de Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.